Você já notou que famosas como Beyoncé, Rihanna e Jennifer Lopez estão sempre maravilhosas e cada dia com um cabelo diferente? Amiga, vou te mandar a real. Essa “mágica” que elas usam tem nome: aplique. Desde franjas falsas até tipos que fazem você ter mais volume, eles são ótimos para dar aquela mudada no look, em questão de minutos.

Agora se você, assim como nós do Virgula Lifestyle, se interessou pelo assunto, veja abaixo a entrevista que fizemos com o hair stylist e maquiador Sandro Borges, que já trabalhou com nomes como Luiza Brunet, Ticiane Pinheiro, Priscila Fantin e Mariana Weickert, tirando todas as nossas dúvidas sobre os apliques.

Portal Virgula: Quais são os tipos de aplique que existem?

Sandro Borges: Existe o de franja, com o qual a mulher deve tomar mais cuidado, porque ele tem que ser bem colocadinho, bem na raiz para não aparecer, uma vez que a intenção é que ele fique natural. Existem também os apliques de comprimento, que são usados para alongar mais o cabelo, e os de volume, que eles são feitos pra te dar mais volume.

Outra variação é a de que algumas mulheres usam de duas a três telas na cabeça, quando têm muito pouco cabelo. Normalmente a menor tela é a que vai na nuca, na altura um pouco abaixo da orelha, porque ela é a que dá mais comprimento, então é uma menorzinha e mais fininha. Outra vai um pouco mais acima que é o que vai dar mais volume e que aumenta também o movimento do cabelo repicado.

Quais são os cuidados tomados na hora de comprar um aplique?

A cor do cabelo é o fundamental, o mais importante, por isso é indicado que ou o cabeleireiro dela compre pra ela, ou ela vá e prove, porque o ideal é que seja exatamente da cor do seu cabelo. Depois disso que você vai definir movimento, vai definir qualquer outra coisa.

A segunda coisa é ver o que você espera de um aplique, qual é a necessidade que você quer suprir com ele. Você precisa de comprimento? Seu cabelo tá curto porque cortaram muito? Ou você tem pouco cabelo e quer volume? É a partir daí que você vê se vai precisar de um aplique mais cheio, com mais quantidade, que pese mais ou um que dê mais comprimento. Além disso, o mercado tem uma variação muito grande de aplique, você encontra de cabelo 100% natural até cabelo sintético. O meu preferido é o de cabelo natural.

Quais são as diferenças entre o aplique natural e o sintético?

Existem diferenças de textura e brilho. Aqui no Brasil ainda não existe cabelo sintético cuja textura se aproxime muito do natural. Eu tenho alguns que eu comprei fora que eles são perfeitos, você não diz que não é cabelo. Mas essa tecnologia, além de ser muito mais cara, você não encontra em qualquer lugar.

Além disso, você não pode pintar o cabelo sintético, por exemplo, entrou uma moda californiana, ombré hair, sei lá, qualquer coisa do tipo, e você tem um aplique da sua cor, se ele é natural, você consegue fazer alteração de cor nele também. Como é que você vai pintar um sintético? Ele não vai segurar a cor, então o natural nesse sentido também é muito melhor.

Outra coisa que você não consegue é mudar a estrutura, o movimento do cabelo. Se você tem o cabelo mais liso e quer ele cacheado ou ondulado, por exemplo, você vai fazer um babyliss, vai fazer uma escova de cacho. O cabelo sintético não vai te proporcionar isso, se ele for crespo, se ele for cacheado ou se ele for liso, ele sempre vai ser crespo, cacheado ou liso.

Então com o aplique natural, você consegue fazer cor, você consegue fazer química, você consegue cachear, você consegue escovar, você consegue alisar, você consegue chapar ele na prancha, você consegue fazer qualquer tipo de movimento, enquanto com o sintético, você não consegue.

Que tipos de produto você pode passar no aplique e como lavá-lo?

Então, o aplique de cabelo natural é igual o cabelo humano, então você vai ter cuidados semelhantes ao com o seu cabelo. Então, por exemplo, se você vai fazer babyliss toda vez que for usar, provavelmente você vai usar o spray pra dar uma fixação, pra ele não cair logo. Dessa forma, com o tempo, esse cabelo vai ficando com resíduo do que você for passar, então você vai precisar lavá-lo.

O modo de lavar é igual você lava um cabelo, você vai usar shampoo, vai condicionar, vai hidratar. Eu uso muito aplique, nas modelos e nas clientes que eu faço. Então, eu sempre lavo, escovo e, às vezes, dou uma aparada nas pontas, porque ele também começa a ter ponta dupla, a dar uma estragadinha, por causa do calor de secador, de babyliss, e chapinha. Às vezes eu também faço hidratação nele, pra manter a qualidade de quando você compra o aplique.

Isso vai variar com a quantidade de vezes que a mulher usa o aplique, com a quantidade de vezes que ela usa spray, reparador de pontas, spray de brilho, etc. Aí, quando você começar a sentir que ele está ficando embaraçado, você vai lavar, passar condicionador, e de preferência, dar uma hidratadinha.

Com o aplique sintético o cuidado redobra, porque como não é cabelo, a possibilidade dele danificar, especialmente pontas, é muito maior. Então, eu uso spray de brilho e dou uma escovada com a escova de raquete sempre quando eu vou guardar ele, para que a escovação dele depois fique mais suave e que o fio não arrebente, porque se isso acontecer com o fio sintético, danifica muito mais que o fio de cabelo comum.

Esse meu sintético que eu comprei fora, ele aceita ser lavado e secado, mas assim, não com muito calor. Isso você vai ter que ver, se for adquirir o sintético: qual é a temperatura que esse produto aguenta, se ele pode ser lavado, e todas essas considerações que são importantes pro manuseio do aplique.

Você tem algum truque especial na hora de colocar o aplique pra parecer o mais natural possível?

Você deve colocar sempre na altura da sobrancelha. É onde você vai dividir o cabelo, levantar o fio natural antes de colocar o aplique, porque nessa altura, mais ou menos, não vai ficar tão alto. Se ficar muito em cima, você consegue ver o falso, principalmente se a mulher tiver pouco cabelo, então, se estiver um pouco abaixo da divisão da cabeça em cima, vai ficar mais natural.

Uma outra dica, que eu sempre faço, é pegar um pente fino e desfiar o seu cabelo onde o tic-tac vai entrar, pois isso vai te dar mais segurança, principalmente se o cabelo for muito liso. Se você não desfiar antes, ele pode cair, pode soltar, e ninguém quer que o aplique caia no meio da noite. Quando o cabelo é bem liso mesmo, eu ainda passo um pouquinho de spray de fixação, antes desfiar, e desfia, porque aí é certeza de que pode puxar, pode fazer o que você quiser, que o cabelo não vai cair da sua cabeça.

Como pode ser feita a preparação do cabelo do aplique?

Um ponto prático que o aplique te dá é, por exemplo, você vai sair a noite e não vai se arrumar agora, mas precisa de tempo a noite, você pode preparar esse aplique horas, ou até dias antes, se você tiver noção do que você vai querer. Se você quiser ele liso, pode fazer essa escova ou mandar alguém escovar pra você. Agora vamos supor que você quer fazer ele cacheado, você pode fazer o babyliss, prender com grampinhos e na hora você solta.

Apesar disso, existem mulheres e profissionais que preferem fazer tudo junto, então, quando ela vai fazer o babyliss, o aplique vai misturar melhor no cabelo se fizer ele junto.

Qual é a média de valor dos apliques?

O valor do aplique vai variar se ele é sintético ou se é natural. Se ele for natural, a maior variação vai acontecer de acordo com o peso dele. Hoje em dia, você não consegue um aplique de boa qualidade por menos de 500 reais, mas a variação costuma ser em torno de 800, 1000 e 1500 reais.

Outras coisas que valorizam o aplique na hora de comprar são o comprimento e se ele é natural ou se tiver alguma química. Então quanto maior for o cabelo, mais caro, e se, por exemplo, ele for bem platinado e tiver levado um trabalho maior para ser feita essa cor nele, então eles vão te cobrar isso também.

Sem mais artigos