Muito mais do que ver o que está nas passarelas, o encanto de um evento como o São Paulo Fashion Week é poder observar o público. É claro que depois de alguns minutos, ver tanta gente bonita e bem arrumada — que é exatamente o que se espera em um momento como esse, em que as pessoas querem tanto ser vistas quanto ver, talvez até mais — acaba se tornando a régua e você deixa de se surpreender com os looks bem montados e a narrativa que cada escolha conta.

Mas é bom sempre deixar os olhos bem abertos: quando você menos espera, um bloco de cor se destaca da massa vestida de preto (e preto continua sendo o novo preto, não se engane) ou um vestido bem estampado sem medo de ser feliz vem andando em sua direção. Na SPFW45, a gente tinha como missão encontrar a turma que tava linda e elegante, sim, mas que também conseguiu imprimir mais personalidade na roupa, ostentando um look pelo menos um pouco fora da caixinha. Dá uma olhada:

Sem mais artigos