Lamb of God

| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Getty Images
Randy Blythe, Lamb of God, é acusado de homicídio culposo após agredir fã | Créditos: Getty Images

O vocalista da banda de metal Lamb of God está de volta à República Tcheca para ser julgado pela morte de um fã. O caso ocorreu em 2010, quando Randy Blythe empurrou um fã que invadiu o palco diversas vezes. Depois de cair, o jovem foi hospitalizado, entrou em coma e morreu.

“Sou um homem inocente, mas também um homem muito triste agora”, escreveu o músico no Instagram. Ele pediu também que seus fãs não fiquem bravos com a Repúbica Tcheca, que o acusa formalmente pelo homicídio involuntário.

Randy também reclamou que muita “bobagem” está sendo dita sobre o episódio na internet e se mostra confiante na absolvição. O Lamb of God é conhecido como uma banda de “groove metal” ou “metal americano puro”, como seus integrantes se denominam.

Segundo eles, o nome do grupo, que significa “cordeiro de Deus”, é uma sátira ao fato de que um dos temas mais recorrentes de suas músicas é a crítica à religião. Eles também costumam abordar assuntos como política e miséria. 



Acusado de morte de fã, vocalista de banda de metal é julgado na República Tcheca

Sem mais artigos