Morreu, aos 84 anos, o compositor Adelino Silveira, hoje no Rio. Ele foi encontrado morto em sua própria residência, por sua mulher.

O compositor foi vítima de um infarto fulminante. O enterro será hoje às 16h30 no cemitério de Campo Grande, no Rio.O velório está acontecendo na capela A do cemitério.

Nascido em Porto, Portugal, com um ano de idade veio para o Brasil, indo morar em Campo Grande, subúrbio do Rio. Seu pai era o patrocinador do programa Seleções Portuguesas, na Rádio Clube do Brasil, sendo assim, conseguiu atuar em seu programa como cantor. Convidado por Braguinha, gravou seis discos na Continental nessa época. No início dos anos 50 intensificou sua atividade de compositor. Em 1952, conheceu o cantor Nelson Gonçalves e iniciaram uma intensa parceria. Adelino compunha e Nelson gravava.

“Fica Comigo Esta Noite”, “Última Seresta” (1952), “A Volta do Boêmio”, “Meu Dilema”, “Escultura”, “Meu Vício É Você”, “Doidivana”, “Deusa do Asfalto”, “Êxtase”, “Flor do Meu Bairro”, são alguns dos sucessos do compositor.

Sem mais artigos