O álbum póstumo da cantora britânica Amy Winehouse alcançou nesta terça-feira (6) o número um nas listas dos mais vendidos do Reino Unido, mais de quatro meses após sua morte prematura, confirmou a gravadora Island Records.

Lioness: Hidden Treasures, que conta com 12 músicas, foi lançado na segunda-feira e o dinheiro arrecadado com as vendas será destinado à Fundação Amy Winehouse, criada pela família da cantora para ajudar pessoas com problemas com álcool e drogas.

O pai de Amy, Mitch Winehouse, comentou a notícia por meio de uma mensagem no Twitter: “Meu coração está triste, mas cheio de orgulho”. “Acabei de saber. 140.000 vendidos = 140.000 libras (aproximadamente R$ 400 mil )para a fundação em um dia. Muito bem, querida,” escreveu.

O álcool foi a causa da morte de Amy Winehouse em 23 de julho, quando foi encontrada morta em seu apartamento no bairro de Camden Town, no norte de Londres.

Lioness: Hidden Treasures traz canções inéditas, versões de clássicos de outros artistas e novas composições da cantora. Os encarregados de coletar o material foram os produtores preferidos da artista, Salaam Remi e Mark Ronson.

Ambos trabalharam com a Amy e, após sua morte, reuniram as gravações que havia realizado antes, durante e depois do lançamento de seus dois únicos discos, Frank e Back to Black.

LEIA MAIS: Ex-namorado de Amy Winehouse afirma que cinebiografia da cantora é “inevitável”

Álbum póstumo de Amy Winehouse chega às lojas nesta segunda

Sem mais artigos