Artistas como Anitta, Tati Quebra Barraco, Luísa Sonza, Jão e Lexa saíram em defesa do funk nesta segunda-feira (15) após o produtor Rick Bonadio criticar o gênero e afirmar que “precisamos exportar música boa e não esse ‘fica de quatro'”.

O polêmico tweet do profissional referia-se à apresentação de Cardi B no Grammy 2021, que utilizou um remix do DJ Pedro Sampaio, com batidas de funk, durante a performance de “WAP”. Na ocasião, o produtor escreveu: “já exportamos bossa nova, já exportamos samba rock, Jobim, Ben Jor. Até Roberto Carlos. Mas o barulho que fizeram por causa de 15 segundos de funk na apresentação de Cardi B me deixa com vergonha. Precisamos exportar música boa e não esse ‘fica de quatro'”.

A fala causou revolta em diversos internautas e foi apagada.

Mas Anitta rebateu Bonadio com uma sugestão: “escolhe um ritmo brasileiro à sua altura, faz uma música e exporta pro mundo. É facin… e rápido.. e de uma hora pra outra, claro, não dá pra começar com míseros segundos no Grammy. Quando você chegar lá a gente comemora com você”, disse ironicamente.

Bonadio, que já produziu artistas como Mamonas Assassinas, Los Hermanos, Rouge, Rodolfo & ET e Charlie Brown Jr., continuou com as críticas, consideradas elitistas por diversos músicos e internautas. Ele chegou a afirmar que o “funk precisa evoluir” e que as músicas têm sempre a mesma batida “com letras de putaria”.

Anitta não recuou: “‘Essa é a merda que o Rio nos manda!’ … 2021? Não! Apenas um dos milhares de comentários pejorativos dos ‘entendedores’ de cultura na época em que a grande Bossa Nova foi lançada. Será que já vi esse filme? Estudei, então já vi”.

Em outro momento, a cantora afirmou que é importante resistir a esses comentários: “são de pequenas opiniões assim que as coisas crescem aos poucos e podem virar cruciais no futuro”.

“Graças a Deus eu não preciso mais de absolutamente nada de pessoas que tem esse tipo de pensamento… Mas sei que quem tá começando precisa, então não posso ficar calada”, defendeu a artista.

Luísa Sonza também foi ao Twitter expressar sua revolta com os comentários de Bonadio. Ela o chamou de “ultrapassado” e descreveu seu pensamento como “elitista, preconceituoso e burro”.

Tati Quebra Barraco lembrou que incomodou muitas pessoas quando começou a carreira, mas “deu certo: 22 anos de carreira”. “E hoje esse cara incomodado, é porque deu certo. Aceita o fica de 4!”

Valesca Popozuda se disse ofendida com os comentários do produtor: “eu canto funk e proibidão, mas eu gero empregos, pago imposto e mantenho a comida na minha casa com letras do proibidão”.

MC Rebecca ressaltou a importância do gênero na vida de diversas pessoas, inclusive na dela: “que cada vez mais a gente possa levar o funk para o mundo! Funkeira com muito orgulho SIM!”

Lexa e Jão também rebateram Bonadio, confira:

Sem mais artigos