Artistas como Anitta, Tati Quebra Barraco, Luísa Sonza, Jão e Lexa saíram em defesa do funk nesta segunda-feira (15) após o produtor Rick Bonadio criticar o gênero e afirmar que “precisamos exportar música boa e não esse ‘fica de quatro'”.

O polêmico tweet do profissional referia-se à apresentação de Cardi B no Grammy 2021, que utilizou um remix do DJ Pedro Sampaio, com batidas de funk, durante a performance de “WAP”. Na ocasião, o produtor escreveu: “já exportamos bossa nova, já exportamos samba rock, Jobim, Ben Jor. Até Roberto Carlos. Mas o barulho que fizeram por causa de 15 segundos de funk na apresentação de Cardi B me deixa com vergonha. Precisamos exportar música boa e não esse ‘fica de quatro'”.

A fala causou revolta em diversos internautas e foi apagada.

Mas Anitta rebateu Bonadio com uma sugestão: “escolhe um ritmo brasileiro à sua altura, faz uma música e exporta pro mundo. É facin… e rápido.. e de uma hora pra outra, claro, não dá pra começar com míseros segundos no Grammy. Quando você chegar lá a gente comemora com você”, disse ironicamente.

Bonadio, que já produziu artistas como Mamonas Assassinas, Los Hermanos, Rouge, Rodolfo & ET e Charlie Brown Jr., continuou com as críticas, consideradas elitistas por diversos músicos e internautas. Ele chegou a afirmar que o “funk precisa evoluir” e que as músicas têm sempre a mesma batida “com letras de putaria”.

Anitta não recuou: “‘Essa é a merda que o Rio nos manda!’ … 2021? Não! Apenas um dos milhares de comentários pejorativos dos ‘entendedores’ de cultura na época em que a grande Bossa Nova foi lançada. Será que já vi esse filme? Estudei, então já vi”.

Em outro momento, a cantora afirmou que é importante resistir a esses comentários: “são de pequenas opiniões assim que as coisas crescem aos poucos e podem virar cruciais no futuro”.

“Graças a Deus eu não preciso mais de absolutamente nada de pessoas que tem esse tipo de pensamento… Mas sei que quem tá começando precisa, então não posso ficar calada”, defendeu a artista.

Luísa Sonza também foi ao Twitter expressar sua revolta com os comentários de Bonadio. Ela o chamou de “ultrapassado” e descreveu seu pensamento como “elitista, preconceituoso e burro”.

Tati Quebra Barraco lembrou que incomodou muitas pessoas quando começou a carreira, mas “deu certo: 22 anos de carreira”. “E hoje esse cara incomodado, é porque deu certo. Aceita o fica de 4!”

Valesca Popozuda se disse ofendida com os comentários do produtor: “eu canto funk e proibidão, mas eu gero empregos, pago imposto e mantenho a comida na minha casa com letras do proibidão”.

MC Rebecca ressaltou a importância do gênero na vida de diversas pessoas, inclusive na dela: “que cada vez mais a gente possa levar o funk para o mundo! Funkeira com muito orgulho SIM!”

Lexa e Jão também rebateram Bonadio, confira:

Luísa Sonza grava segundo álbum

Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Nova era Luísa Sonzanos bastidores da gravação de seu segundo álbum, o sucessor de 'Pandora' Créditos: Reprodução/Instagram

Anitta, Luísa Sonza e mais defendem funk após críticas de Rick Bonadio

Sem mais artigos