Um dia após o tweet em que Azealia Banks afirmou que “Florence” era “the shit” (a merda), a rapper voltou ao microblog nesta segunda-feira (06) e citou especificamente seus fãs brasileiros que entederam o contrário do que ela estava querendo dizer.

Inicialmente imaginou-se que ela estava falando de Florence Welsh, do Florence and The Machine, depois, ficou-se sabendo que a rapper referia-se a cidade de Florença, na Itália, mas que tanto a cidade quanto a cantora eram demais.

“Uh-oh, all my Brazilian fans didn´t understand that to be ‘the shit’ is not a negative thing. Its slang and means something is the best!” (meu fãs brasileiros não entenderam que ‘the shit’ não é algo negativo. É uma gíria e quer dizer que alguém é o melhor)”, explicou-se.

A norte-americana vem esperando ter seu novo ábum Broke With Expensive Taste ser lançado desde setembro de 2012 e agora a previsão é de que ele chegue em março. Recentemente, ela criticou a faixa que a dupla inglesa Disclosure, queridinhos da eletrônica atual, fez para o álbum, Bizarra, e apontou que provavalmente irá trocar a batida da música e lançá-la mais para frente.

A lição para a rapper sobre os brasileiros. Você pode ser gangsta à vontade, mas não brinque com Florence Welsh, nem por um mal entendido. Mexeu com uma, mexeu com todas.

 

Sem mais artigos