O assassinato do rapper 2Pac Shakur, em 1996, continua sendo uma incógnita para a policia, mas ganhou um novo capítulo nesta semana.

Uma reportagem publicada nesta terça-feira no The Los Angeles Time associa o rapper Sean Diddy Combs, o ex-Puffi Daddy, e o também assassinado Notorius B.I.G. à morte de 2Pac.

Uma fonte não identificada e que testemunhou o assassinato de 2Pac, disse que os rappers sabiam do plano para matar 2Pac. Os autores seriam dois empresários conhecidoss de Diddy, James “Jimmy Henchman” Rosemond, conhecido por ser um caçador de talentos e o promotor James Sabatino. Ambos não comentaram a reportagem.

Já Diddy, em nota divulgada nesta segunda-feira, disse que a matéria inteira é “uma mentira”, e que nunca soube de qualquer plano para matar 2Pac, nem antes e nem depois de sua morte.

Notorius B.I.G. não poderá se defender da ‘acusação’ já que também acabou assassinado seis meses depois de 2Pac. A rivalidade entre ambos era conhecida e de longa data.

A polícia continua as investigações, mas 12 anos depois, parece que a solução do caso está cada vez mais longe.

+ Mallu Magalhães, sensação do “folk`n`roll” fala ao Virgula

+ Kate Nash, Mallu, Adele…e as novas divas

+ BaixaHits: baixe as músicas da parada para o seu PC

Jornal liga Sean Diddy e Notorius BIG à morte de 2Pac

Sem mais artigos