O Black Sabbath anunciou esta semana o retorno da formação clássica do grupo, com Ozzy Osbourne nos vocais, Tony Iommi na guitarra, Geezer Butler no baixo e Bill Ward na bateria. De acordo com o jornal inglês Birmingham Mail, a banda está ensaiando novo material para gravar um disco com faixas inéditas e entrar em turnê.

LEIA MAIS: Ozzy Osbourne lançará livro com conselhos para saúde

Lady Gaga revela que gosta de Iron Maiden, Black Sabbath e AC/DC

A reunião teve início em junho, quando Iommi e Osbourne se encontraram para escrever novas canções. “estava tudo em sigilo. Ozzy foi o pior de todos em tentar manter isso tudo na surdina, porque ele aparece muito na TV e sempre perguntavam a ele sobre uma reunião e ele sempre dizia ‘bom, eu nunca digo nunca'”, contou o guitarrista.

A previsão é de que o grupo lance um novo álbum em 2012. “Estamos muito empolgados com isso e e acredito que o material que escrevemos é muito bom. É como um retorno ao nosso trabalho original”, comentou Iommi.

O Black Sabbath se formou em 1968 e foi uma das primeiras bandas a adotar um visual mais dark e despertar a ira das carolas de plantão. O grupo é considerado um dos precursores do rock pesado, juntamente com Led Zeppelin e Deep Purple – a chamada ‘trindade do metal’.

Em 1979, Ozzy foi demitido do grupo por conta de seus problemas com drogas e álcool. Depois disso, vários vocalistas passaram pela banda, que não conseguiu repetir o mesmo brilho da formação original. A última encarnação mais próxima do Black Sabbath foi o Heaven & Hell, que chegou ao fim com a morte do cantor Ronnie James Dio, em maio de 2010. 

Iommi afirmou que sua maior preocupação com o retorno da banda seria a saúde do baterista Bill Ward, que já sofreu um ataque cardíaco. “Ele não está 100%. Ele passou por uma cirurgia meses atrás, então vamos ver como ele se sai.”

Black Sabbath anuncia retorno da formação original

Sem mais artigos