Parecia que tinha terminado, mas não foi bem assim: o caso de reconhecimento de paternidade que envolve Justin Bieber continuará fora dos tribunais. Um advogado de Mariah Yeater (a mulher que afirma que o astro teen é o pai de seu bebê), informou ao WGN que espera negociar fora da justiça com a defesa do cantor.

LEIA MAIS: Mariah Yeater retira ação de paternidade contra Justin Bieber

Justin Bieber bota cobra de estimação a leilão

Na quarta-feira, dia 16, foi divulgado que os advogados tinham desistido do caso, mas Jeffrey Leving, advogado de casos de paternidade em Chicago que está representando Yeater, disse que permanece negociando um teste de DNA privado para determinar se Bieber é ou não pai da criança. “O caso está completamente fora do controle e eu não quero que algo terrível aconteça com a minha cliente ou com seu bebê”, afirmou Leving.

Sem mais artigos