O centenário do nascimento do cantor e sanfoneiro Luiz Gonzaga, o rei do baião, foi celebrado na quinta-feira (13) com a realização de espetáculos musicais nas cidades de Recife, capital de Pernambuco, e Exu, cidade do mesmo estado e onde o artista nasceu.

Luiz Gonzaga morreu em 1989 e popularizou o forró, o baião e outros ritmos nordestinos pelo Brasil. Participarão dos shows em sua homenagem artistas como Daniel Gonzaga e Joquinha Gonzaga, neto e sobrinho do rei do baião, respectivamente, Gilberto Gil e Dominguinhos.

Além disso, os Correios lançaram um selo comemorativo em homenagem ao centenário do músico, nascido em 13 de dezembro de 1912.

Em 5 de novembro, coincidindo com o Dia Nacional da Cultura, a presidente Dilma Rousseff lembrou Gonzaga e disse que o músico “retratou com sua música o sofrimento dos moradores do Nordeste”.

Já o cantor e ex-ministro de Cultura Gilberto Gil disse que o músico foi o primeiro representante significativo “do ponto de vista da cultura de massas no Brasil”.



Sem mais artigos