Ingressos estão disponíveis

Duas gerações da música nordestina se encontram na Casa Natura Musical dia 20 de março, domingo, 19h: o cantor e compositor paraibano Chico César e o pianista pernambucano Amaro Freitas apresentam as músicas do primeiro álbum do artista paraibano, intitulado Aos Vivos (1995), além de canções da trajetória de ambos.

Compositor, cantor, jornalista e escritor, o paraibano Chico César explicita a irreverência, a criatividade e a poética, características de sua obra ao longo de sua trajetória. Autor de sucessos consagrados pelo público, como Mama África e À Primeira Vista, o paraibano tem nove álbuns lançados: Aos Vivos (1995), Cuscuz Clã (1996), Beleza Mano (1997), Mama Mundi (2000), Respeitem os meus cabelos brancos (2002), De uns tempos pra cá (2005), Francisco, Forró Y Frevo (2008), Estado de Poesia (2015) e O Amor é um Ato Revolucionário (2019).

A cultura de Pernambuco transborda naturalmente no estilo de Amaro Freitas. Influenciado pelo mestre do frevo Capiba, por Moacir Santos, Hermeto Pascoal e Egberto Gismonti, mas também pelas grandes referências do piano jazz, como Thelonious Monk, Keith Jarrett ou Chick Corea, o músico, para além do sempre predominante samba jazz, volta-se para a cultura nordestina e traduz frevo, baião, maracatu, ciranda e maxixe para a linguagem do jazz.

Chico César e Amaro Freitas se apresentam na Casa Natura Musical

Sem mais artigos