Frank Ocean pode até ter desistido de prestar queixas contra Chris Brown depois de uma briga entre os dois astros do hip hop em janeiro deste ano. Mas isso não significa que o namorado de Rihanna tenha colocado a confusão no passado. Na noite do último domingo (10), Brown se recusou a levantar de seu lugar para aplaudir a vitória de Ocean em duas categorias na premiação do Grammy 2013.

Ocean recebeu os prêmios de Melhor disco Urbano Contemporâneo por Channel Orange e de Melhor Colaboração de Rap por “No Church In The Wild”, que ele gravou ao lado de Kanye West e Jay-Z no disco colaborativo dos rappers, Watch The Throne.

Brown, que passou o tempo todo agarradinho com Rihanna, fez questão de demonstrar seus descontentamento com a vitória do rival. 

Apesar das brigas entre os dois, Ocean declarou no início desse mês que não gostaria que os problemas entre ele e Brown chegassem às autoridades. “Como uma criança, penso que se alguém pulasse em mim, isso deveria resultar em eu matar ou mutilar um cara. Mas como um homem, eu não sou um matador”, disse. “Vou escolher a sanidade. Nada de acusações criminais. Nada de processos civis. Perdão, embora difícil, é sabedoria. Paz. Embora banal, isso é que eui quero em minha curta vida. Paz”.

Toda a confusão teve início no começo desse ano, quando Brown teria dado um soco em Ocean no estacionamento do Westlake Studios, em Los Angeles. De acordo com reportagens da imprensa internacional, o quebra pau teria começado depois do vencedor de dois Grammys ter fechado o carro de Breezy em uma vaga no local.

Sem mais artigos