Sabemos que Bob Marley  foi um artista good vibe.  Por conta disso, o pai do reggae une e influência famílias e amigos improváveis da música. 

Bob Marley. reprodução Facebook

São tantos exemplos…

Nós já mostramos aqui Eddie Vedder cantando com a Beyoncé o classicão “Redemption Song” no encerramento do Global Citizen Festival, no Central Park, em Nova York. Veja a performance do líder do Pearl Jam com a rainha Bey no vídeo abaixo.

E não é que deu um bom caldo?

Mas não para por aí. Anitta uniu seu talento com a banda Biquini Cavadão  para interpretar o mega hit “No Woman No Cry”. Relembre no vídeo.

 E o que dizer  de Chris Cornell, vocal do Soundgarden e Audioslave, e sua filha Toni, de 11 anos, quando deram nova roupagem para “Redemption Song”?  O dueto rolou em 2015 durante uma apresentação no Beacon Theatre, em Nova York.

Dá play e confere o talento de Toni. Rastafarai!

Chris Cornell e sua filha cantam Boy Marley

Achou pouco? Então ouve essa versão creme de “Redemption Song” (ela de novo) com Johnny Cash e Joe Strummer.

E, por fim, a cereja do bolo: Bruno Mars, Sting, Rihanna, Ziggy e Damian Marley em tributo para o rei Bob Marley no Grammy Awards 2013. UAU! Dá play, rastaman ;)

The 55th Annual GRAMMY Awards 2013

Sting, Bruno Mars e Rihanna cantam Bob Marley com seus filhos

 

Tributo pra Bob Marley no Grammy conta com Bruno Mars, Rihana e Sting

 

 

Bob Marley

Bob Marley, que completaria 70 anos, deu impulso mundial ao reggae
Bob Marley

Bob Marley é o rastaman que influencia todos os estilos; ouça tributos

Sem mais artigos