A turnê mundial de divulgação de MDNA, o último álbum de Madonna, tem dado o que falar não apenas pela controvérsia envolvendo Lady Gaga, mas também pelas exigências inusitadas que a cantora fez para os camarins ao redor do globo.

Segundo o tablóide inglês The Daily Star, Madonna pediu 20 linhas telefônicas – todas liberadas para ligações internacionais – em cada cidade em que se apresentará.

A exigência talvez seja justificada pela equipe numerosa que acompanha a cantora: são 200 pessoas entre seguranças – 30 ao todo -, músicos, dançarinos, chefs de cozinha, professor de yoga e um acupunturista.

Madonna também precisa de muito espaço vazio, porque além de carregar toda a mobília para encher os camarins do mundo inteiro, a diva leva consigo todo o aparato para lavar os figurinos utilizados nas apresentações, noite após noite.

Para fechar a lista de pedidos, Madonna solicitou que os camarins sejam decorados com rosas e lílios, com cabos de exatos 15 centímetros de comprimento.

Madonna e sua enorme trupe chegam ao Brasil para quatro apresentações em dezembro dste ano. A cantora se apresenta no Rio de Janeiro (01/12), São Paulo (04 e 05/12) e Porto Alegre (09/12).

Sem mais artigos