Damon Albarn falou abertamente sobre o consumo de heroína nos anos 90, admitindo que o mesmo o mudou completamente como músico, de uma forma positiva.

Em entrevista à Q, o vocalista dos Blur revelou como a droga e uma viagem à África o tornaram mais criativo como artista. “A heroína libertou-me”, contou, continuando: “Detesto falar sobre isto por causa da minha filha, da minha família. Mas, para mim, teve um efeito incrivelmente criativo…”.

Albarn continuou: “A combinação da heroína com o ter tocado coisas mesmo simples, bonitas e repetitivas na África mudou-me completamente como músico. Descobri a noção de ritmo. De alguma forma consegui fazer algo com a minha voz”.

Damon recordou ainda o seu primeiro contato com a droga, explicando que o mesmo aconteceu quando voltou para casa, após uma turnê, e se deparou com ela na sala. “Apenas pensei: ‘Por que não’? Nunca imaginei que se tornaria um problema”, contou.

O consumo de heroína é um dos temas abordados em seu álbum de estreia a solo, Everyday Robots, com lançamento em 28 de abril. Na faixa You And Me, Albarn canta: “Tin foil and a lighter, the ship across/Five days on, two days off”.

“Estou feliz por ter encontrado essa poesia. Agora, posso seguir em frente sem todas as insinuações de que fui alvo durante anos”, finalizou.

Ouça abaixo o single You And Me

 

Sem mais artigos