David Guetta

David Guetta se apresenta em São Paulo

Ninguém esperava que fosse diferente, mas o DJ francês David Guetta botou muita gente para dançar na madrugada deste domingo (8), durante apresentação em São Paulo, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Cerca de 20 mil pessoas foram ao local para conferir o set de Guetta, hitmaker incontestável, que divulga o álbum Nothing But The Beat, de 2011, em 14 shows no Brasil.

Os DJs convidados Viktor Mora & Naccarati e o quase veterano Mário Fischetti esquentaram o clima antes do francês. Em sets que foram de The Killers a Fragma, passando por versões turbinadas de Fix You, do Coldplay, e Just The Way You Are, de Bruno Mars, foram ovacionados pelo público, claramente disposto a festejar.

Mas a estrela da noite era outra. Após horas de expectativa, Guetta tomou conta das pickups às 2h30 da manhã de domingo – os portões foram abertos às 19h do dia anterior – e prendeu a atenção dos presentes com a bombástica Sweat, de Snoop Dogg, produzida por ele.

“Eu sou David Guetta, e estou aqui para fazer vocês suarem”, prometeu. E cumpriu: em uma sequência bombástica de remixes dos maiores sucessos das rádios pop do Brasil e do mundo, o DJ de 44 anos tinha facilidade em arrancar gritos, pulos e comemorações do público.

Depois de aproximadamente meia hora de grandes sucessos, Guetta ligou a chave do electrohouse e investiu em um set menos pop, com versões pouco comerciais de faixas como Block Rockin’ Beats, da dupla The Chemical Brothers.

Quando o público começava a se dispersar, Guetta reagiu rapidamente: soltou um Where The Girls At aqui, um Sexy Bitch ali, um When Love Takes Over acolá, e até um remix de Rolling In The Deep, da inglesa Adele, cantada a plenos pulmões pelos fãs.

Entusiasmado, provocou os paulistas: “Toquei [no réveillon de] Copacabana na semana passada, e me disseram que o Rio é o melhor lugar para se festejar no Brasil. É verdade? Ou é São Paulo?”, brincou. Pronto – todos felizes de novo. Para coroar, um elogio à ala feminina da plateia: “Como vocês se sentem morando no país que tem as mulheres mais sexy do mundo?”.

O fim apoteótico da “noite”, às 5h da manhã, trouxe os megahits Without You e I Gotta Feeling, recebidos sob um mar de aplausos, lasers coloridos, e muito gelo seco. Guetta se despediu de São Paulo, mas se o público paulista for termômetro, não será por muito tempo.

LEIA MAIS: Site recria capas de álbuns sem artistas mortos; compare com as originais
Exposição inédita no Brasil relembra legado de Elvis Presley

David Guetta anima Anhembi lotado em único show em São Paulo

Sem mais artigos