Pouca conversa e muito som. Essa foi a tônica da apresentação sob o comando da bateria de Marky Ramone e do vocal de Michale Graves, ex-Misfits. Na tarde de sábado (14), o público presente ao palco Sunset acompanhou uma alucinante revisita aos maiores hits dos Ramones. A audiência, que já havia aberto uma roda punk no show anterior, Autoramas e BNegão, aumentou ainda mais o espaço de interação.

Aos 57 anos, Marky Ramone comprovou que está em forma como músico e Michale Graves, carismático e com fôlego impressionante, cantou uma música atrás da outra e foi à galera. A banda fez questão de que não faltassem hits e dezenas de clássicos foram tocados.

Não faltaram os hinos Do You Wanna Dance, Rock ‘n’ Roll High School, Pet Sematary, I Believe in Miracles, Rockaway Beach, Sheena Is a Punkrocker e Blitzkrieg Bop. O público cantou junto até mesmo as canções menos conhecidas.

Graves ainda botou na roda clássicos do punk rock que ficaram famosos com sua ex-banda, o Misfits, como Descending Angel e Dig Up Her Bones.

Sem mais artigos