“Se você tirar a música, eu não teria uma razão para viver”, essa foi uma das frases marcantes que a corajosa Demi Lovato cravou durante o programa Stay Strong da MTV norte-americana. Após passar por uma reabilitação em outubro de 2010 por distúrbios alimentares e automutilação, a cantora abriu seu coração os telespectadores ao falar de sua dura recuperação.

A cantora, que também foi diagnosticada com transtorno bipolar, disse que essa é uma batalha contínua e que luta contra isso desde quando tinha apenas 7 anos. “Eu não posso dizer que não vomitei desde o tratamento. Não posso dizer que não me mutilei desde o tratamento. Isso seria mentira. Eu não sou perfeita, mas estou sendo forte”.

“Eu sentia como se estivesse vivendo uma mentira. Eu lidava com toda essa dor, emocionalmente. E me senti culpada e com vergonha. Eu decidi tirar isso de mim mesma, eu me prejudiquei”. Sobre os fãs, Demi revelou que eles são a razão de sua recuperação.

“Toda vez que alguém me pede uma foto ou um autógrafo, mesmo que eu tenha tido um dia ruim e esteja de mau humor, eu lembro, ‘Você não é ninguém sem essa pessoa’”, disse ela, “Eles me tornam especial”, finalizou.

Sem mais artigos