10370805_711117452277772_6876082149805501557_n

(Crédito: divulgação)

Alok Petrillo, mais conhecido como DJ Alok, vem conquistando rapidamente os quatro cantos do mundo através de sua música com traços undergrounds e grooves da house music. Para ter uma ideia da ascensão do rapaz, ele é um dos principais nomes da tenda eletrônica do nosso Rock in Rio, do Rock in Rio Las Vegas, e se apresentará no palco principal da edição brasileira do mega festival Tomorrowland, que acontece neste finde (dias 1, 2 e 3) no Parque Maeda, em Itú.

Alok começou influenciado pelos pais, que também eram DJs, e se uniu ao irmão no projeto Lógica, que explorava uma vertente mais trance. Foi quando se lançou em carreira solo que as coisas começaram a brilhar. Em 2014, ele estampou a capa da House Mag, sendo escolhido pela publicação como o melhor DJ do ano. O produtor também foi escolhido como o melhor pela RMC, e revelação pela Sound Awards. Fraco, não, hein?

Para completar, o festival Universo Paralello, em que Alok ajuda a organizar, terá seu próprio palco dentro do Tomorrowland Brasil; o Up Club Stage. O DJ também tocará nele.

Em um bate papo com o Virgula Música, Alok deu pistas de como será o seu set no maior festival de eletrônica do Brasil. Também comentou sobre o seu som autoral e como está sendo carregar esse desejado (e pesado) troféu de melhor DJ do momento. Se liga no que ele tem pra falar:

10580051_753521324704051_2117639744535197302_n

(Crédito: Érico Salutti)

Sobre ser o DJ número um do Brasil

Alok: A premiação como DJ número um foi uma grande surpresa pra mim e teve um impacto muito relevante na minha carreira. Porém, tudo que é grandioso, traz consigo também grandes responsabilidades! Não apenas minha, mas de toda a equipe que faz isso se tornar real. Posso dizer com convicção que, por trás de um DJ número 1, há um time número 1 no qual eu denomino de AlokTeam. Devo dividir esse mérito com eles.  É uma grande honra carregar esse troféu e consequentemente exijo o meu melhor diariamente.

O reconhecimento

Considero toda forma de reconhecimento bem-vinda, pois querendo ou não somos movidos por isso, nos dando energia e muito mais força para continuar. Acredito que essa edição teve um maior respaldo em relação ao cenário nacional, algo que não se via tão potencializado anteriormente. Além desta, fui eleito também pelo consagrado grupo RMC como o Dj do ano e pela Sound Awards como a revelação de 2014.

 Vida pós-Lógica e o som atual

Estou sempre em busca de explorar novas tendências e fugir das fórmulas. Sou um artista muito versátil, porém mantenho sempre a minha personalidade. A separação do meu irmão [ambos formavam o Lógica] foi fundamental para colocar em prática a minha singularidade.

Os heróis musicais

Todos aqueles artistas que impõem a sua personalidade com caráter e trabalham em prol da música com amor acima de qualquer perspectiva financeira merecem meu total respeito.  Um herói musical vai muito além da qualidade sonora. Dazzo, Dozzie e Ilusionse são artistas que se encaixam nesse contexto, e vem se destacando com muito empenho no mercado.

A evolução da eletrônica brasileira
 
O cenário eletrônico está no mesmo patamar, se não melhor, que em muitos países. Não vejo uma maneira de evoluir a cena exceto através do meu trabalho e da minha dedicação em relação a ele.

DJs de estádios

É simplesmente incrível ver DJs lotando estádios. Vivemos uma realidade na qual no passado só era possível com bandas de rock. O Dj se tornou um verdadeiro rockstar.

18237_911363155586533_5523692689676432491_n

(Crédito: reprodução/Facebook)

Popularização do trabalho

Não vejo problema na popularização do meu trabalho, porém artistas como David Guetta e Calvin Harris trilharam um caminho diferente.O meu segmento e a minha linha de som possui certos limites.

Expectativa para o Tomorrowland

O frio na barriga é diário. Sem dúvida será o show mais importante da minha vida. Já estou me preparando com novas produções no estúdio.

Set no Tomorrowland

Será uma apresentação com bastante personalidade e 100% autoral. Estarei repleto de novidades e assim, espero poder superar as expectativas do público com a minha linha de som.

FLYER 1

Para saber mais sobre o Tomorrowland Brasil, clique aqui.

 

Sem mais artigos