Emicida

| Créditos: Thiago Oliveira
| Créditos: Thiago Oliveira
| Créditos: Thiago Oliveira
| Créditos: Thiago Oliveira
| Créditos: gabriel quintão
| Créditos: gabriel quintão
| Créditos: gabriel quintão
| Créditos: gabriel quintão
| Créditos: gabriel quintão
Emicida | Créditos: gabriel quintão

No alvo das feministas, Emicida ganhou apoio de uma grande dama da música brasileira, Gal Gosta. O rapper que está com as faixas Crisântemo, ZoiãoTrepadeira (a da discórdia), todas de seu novo disco, estouradas, postou nesta segunda-feira (26), uma foto dando autógrafo para a “Abelha Rainha” da MPB.   

O Glorioso Retorno de quem Nunca Esteve Aqui é o álbum de estreia de Emicida e nasceu direto na lista de melhores do ano, indepententemente das polêmicas. Se for para falar de letra e de som, assim como de marketing e merchadising, Emicida é o cara. 

Bruno Astututo, da Época, postou no sábado que o rapper paulistano fará um dueto com Caetano Veloso na 20ª edição do Prêmio Multishow, dia 3 na Arena da Barra, no Rio de Janeiro. Caê vai cantar A Bossa Nova é Foda e Emicida dará sua resposta musical com a inédita O Hip Hop é Foda.

Veja Crisântemo, Emicida

Zoião 

Trepadeira

Emicida é tietado por Gal Costa e vai cantar com Caetano Veloso no Prêmio Multishow

Sem mais artigos
Sair da versão mobile