Desta vez ele não é réu, e sim autor. O polêmico Eminem, cujo novo álbum será lançado no começo de junho, está movendo uma ação ao lado de outros rappers contra a gravadora Rawkus por não pagamento de royalties.

Os rappers são clientes da Royal Networks que está cobrando na justiça valores que não vem sendo pagos desde 1996 e ainda acusam os donos do selo de ‘retardarem os pagamentos de propósito’.

As quantias variam de US$ 750 a US$30.000 por música. O álbum que o astro participou foi ‘Soundbombing Volume II’.

Sem mais artigos