Blake Fielder-Civil, ex-marido de Amy Winehouse, está inconsolável com a morte prematura da cantora e acredita que poderia ter salvado sua vida.

LEIA MAIS: “Amy sempre soube que morreria jovem”, afirma amigo da cantora

Conheça os astros da neo-soul que brilharam na esteira do sucesso de Amy Winehouse

Larry Fielder, pai de Blake, revelou em entrevista ao site TMZ que filho conhecia profundamente o vício de Amy em drogas e que planejava se tratar ao lado da cantora assim que deixasse a cadeia. O casal era conhecido por uso abusivo de drogas enquanto estavam casados.

Larry também contou que Blake o telefonou chorando histericamente quando soube da morte de Amy. Em entrevista ao tabloide The Sun, Blake afirmou que suas lágrimas nunca irão secar. “Não vou mais sentir o amor que tive por Amy por ninguém”, disse.

O ex-marido de Amy cumpre sentença de 32 meses de prisão por roubo e não conseguiu liberação judicial para comparecer ao funeral da cantora.


"Eu poderia ter salvado a vida dela", diz ex-marido de Amy Winehouse

Sem mais artigos