Ezra Koenig, do Vampire Weekend, foi convidado pela revista norte-americana Rolling Stone para comentar a eleição da expressão “selfie” (auto-retrato clicado com câmaras digitais e compartilhados em redes sociais) como Palavra do Ano de 2013 pelo Dicionários Oxford.

O músico afirmou ser grande defensor da prática do ‘selfie’: “fiquei muito entusiasmado com a palavra ‘selfie’ em 2012, então quando soube que é a palavra do ano de 2013 adorei a ideia”. “Sou definitivamente pró-selfie”, brincou. 

“Apenas os ‘haters’ são ‘anti-selfie’, porque, na verdade, qual o problema de as pessoas tirarem fotos de si próprias? Quando estou no Instagram e vejo que alguém tirou uma foto de si fico feliz. Tem quem goste de fotografias do céu, das árvores, das plantas. Eu gosto de imagens de pessoas”.

Sobre as acusações de uma nova geração narcisista em consequência da prática, o músico afirmou: “na casa de repouso onde a minha avó está vi algumas das pessoas mais egoístas do planeta… E o mundo em que eles nasceram não poderia ser mais egoísta. O mundo está tão cheio de desigualdades e de inbecis, desde sempre. Isso não é novidade. Não podemos culpar a nova geração disso”.

Sem mais artigos