A família de Cássia Eller desistiu de autorizar a produção do musical que contaria a história da cantora ainda este ano. De acordo com a coluna de Ancelmo Góis, do jornal O Globo, a ex-parceira de Cássia, Maria Eugênia, e seu único filho, Chicão, não revelaram os motivos para a mudança de ideia.

Cássia Eller – O Musical, produzido pela Turbilhão de Idéias, estava cercado de grandes expectativas. O espetáculo teria a direção de Ernesto Piccolo, de A Galinha Pintadinha, e texto de Patrícia Andrade, uma das roteiristas de 2 Filhos de Francisco.

 

A percussionista Lan Lan ficaria responsável pela direção musical, adaptando os clássicos da cantora para a peça junto a banda original de Cássia. Já a atriz que interpretaria a cantora e compositora morta em 2001 seria escolhida através do reality show “Quem quer ser Cássia Eller?”, no canal por assinatura Multishow.

A proposta de levar a vida de músicos consagrados aos palcos tem sido frequente. Em 2012, “Tim Maia – Vale Tudo” foi sucesso de crítica e público, e revelou o talento do ator Tiago Abravanel. O jornalista e ex-namorado de Elis Regina, Nelson Motta, trabalha em um roteiro para homenagear a cantora nos palcos, e “Cazuza – O Tempo Não Para” está sendo preparado para contar a trajetória do músico no teatro.

Sem mais artigos