Para Ferrugem, o samba é “atemporal”

Em entrevista ao jornalista Daniel Palomares, do Splash, do UOL, o cantor Ferrugem defendeu o romantismo nas letras das músicas e afirmou que, na sua concepção, “o samba não precisa se modernizar” porque, na verdade, nunca sai de moda.

“O samba é atemporal, ele não precisa se modernizar. Ele se renova constantemente sem perder suas características. Sempre aparecem novos cantores […]”, disse o cantor.

Ferrugem também falou sobre suas composições e a cena romântica presente nelas. “Romantismo nunca sai de moda […]. Falo de romances que dão certo. Não gosto muito de falar de término, separação, chifre”, afirmou.

“Eu sou um cara que me declaro, gosto de dizer o quanto eu sou apaixonado pela minha mulher. O romantismo se estende para os meu amigos, minha família, todo mundo que me dá amor”, concluiu.

Grupo Vou Pro Sereno

Vou Pro Sereno Vou Pro Sereno Vou Pro Sereno Vou Pro Sereno Grupo Vou Pro Sereno fala sobre carreira em live com o Vírgula Créditos: Divulgação

Ferrugem defende romantismo e diz que "o samba não precisa de modernizar"

Sem mais artigos