Paul McCartney

Divulgação Paul McCartney

Paul McCartney admitiu pela primeira vez, em entrevista à BBC Radio 4, que teve problemas emocionais após o fim dos Beatles. “Eu fiquei deprimido. Você Ficaria. Você estava se separando de seus amigos de toda vida.Tomava todas. No c0meço, foi legal. De repente, não estava mais me divertindo”, afirmou o compositor e multi-instrumentista.

“Quis voltar à estaca-zero, então acabei montando o Wings”,disse o ídolo. Paul revelou que passou a beber pesado e esteve próximo de parar com a música. “Era difícil saber o que fazer após os Beatles. Como você vem depois daquilo?”, perguntou o músico ao apresentador do programa Mastertapes, John Wilson.

Paul admitiu que fez a música Here Today, em 82, para dizer que “eu te amo” para John Lennon e comentou seu relacionamento com o parceiro: “Sou muito grato de termos feito as pazes antes da sua morte. Seria muito difícil lidar com isso… bem, na verdade foi difícil de qualquer maneira”.

No programa, que vai ao ar no sábado (28), o ex-beatle também falou sobre Kanye West. “Eu o amo e ele me ama. Ele é um monstro. Ele é um cara doido que sempre aparece com ótimas coisas, então ele me inspira”, afirmou o ícone sobre trabalhar com o rapper. “Foi definitivamente diferente porque nunca parecia que estávamos escrevendo músicas. Muito do que fizemos foi apenas contar histórias um para o outro”, completou.

Sem mais artigos