Frances Bean Cobain, a filha de Kurt Cobain com Courtney Love, pode testemunhar contra a mãe em um processo que a líder do Hole enfrenta por difamação.

Em 2010, Love foi ao Twitter para criticar publicamente a advogada Rhonda Holmes – que até então representava Courtney legalmente – e agora enfrenta o escritório de Rhonda na justiça.

Os advogados de Rhonda agora querem usar a inimizade entre a viúva de Kurt Cobain e afilha em prol da advogada.

No ano passado, Frances disse à revista Rolling Stone que o Twitter deveria “banir” a mãe da rede social, após Courtney usar o microblog para acusar o ex-Dave Grohl (Foo Fighters, ex-Nirvana) de tentar se aproveitar sexualmente de Frances.

Depois das enfáticas negativas tanto de Frances como de Grohl, Love voltou ao Twitter e se desculpou: “Bean, desculpe por eu ter acreditado na fofoca. Mamãe te ama”.

As duas não se bicam há alguns anos. Antes mesmo de conseguir a emancipação, em 2010, Frances chegou a pedir que suas guardiãs legais fossem sua avó Wendy O’Connor – mãe de Kurt – e a tia Kimberly Cobain – irmã do músico, morto em 1994.

Sem mais artigos