Os garotos e a garota do Garotas Suecas encerraram a participação brasileira no palco Claro Indie, no festival Planeta Terra, neste sábado (5), em São Paulo. O grupo não decepcionou e fez o público dançar com seu rock jovenguardista, divertido e despretensioso. O grande destaque da apresentação foi a participação do dançarino Jacaré, do É o Tchan.

LEIA MAIS: Criolo abre a edição 2011 do Planeta Terra Festival com bom show no Main Stage

Selvagens À Procura de Lei e The Name iniciam shows do Claro Indie Stage

O espaço do palco indie, que havia recebido, anteriormente, a banda cearense Selvagens à Procura da Lei e o grupo sorocabano The Name, começou a encher a partir da apresentação do Garotas Suecas, às 18h30. O sol se punha atrás da montanha-russa do Playcenter quando a banda tocou os primeiros acordes de Mercado Roque Santeiro.

O grupo, que este ano lançou seu primeiro disco, Escaldante Banda, manteve o ritmo suingado, quase black, com Ninguém Mandou e Alma. Em Eu, a carismática tecladista Irina Sherman juntou-se a Guilherme Saldanha nos vocais principais, à frente do palco. Som redondo e bom humor generalizado fizeram meninos e meninas mexerem os quadris.

Antes de tocar Banho de Bucha, Guilherme anunciou: “Quando eu era criança, um cara me ensinou que tem de ter jogo de cintura para ser homem. Com vocês, Jacaré, o melhor dançarino do Brasil”. O dançarino foi ovacionado. Ele brincou com os músicos, fingiu tocar guitarra e fez o público indie dançar no melhor estilo É o Tchan. Foi o ponto alto da apresentação, e o Garotas Suecas provou ter acertado em cheio ao convidar Jacaré para estrelar o videoclipe da canção.

Após a catarse coletiva (“Meu, era o Jacaré, não acredito!”, escutava-se de todos os lados), Guilherme brincou: “Acho que tudo vira atniclímax depois disso”. O Garotas, porém, sustentou bem o resto do show, com mais quatro canções, encerrado com Bugalu.

 

Set list

Mercado Roque Santeiro

Ninguém Mandou

Alma

Ela

Não se perca por aí

Eu

Você não é tudo isso meu bem

Não vou ficar

Banho de bucha

Olhos da cara

Codinome dinamite

Mercado Roque Santeiro

Bugalu

Sem mais artigos