David Bowie

Divulgação David Bowie

Para celebrar o que seria o septuagésimo aniversário de David Bowie, amigos e antigos colaboradores do artista se uniram em um show tributo, que foi o primeiro de uma série chamada “Celebrating David Bowie”.

O ator Gary Oldman foi o anfitrião do evento, que também contou com as presenças de La Roux, Simon Le Bon, do Duran Duran, Mr. Hudson e Joe Elliott, do Def Leppard.

A primeira edição de “Celebrating David Bowie” aconteceu em Londres, na 02 Brixton Academy. O próximo acontece hoje, aniversário de sua morte, em Nova York, e depois o evento segue para Los Angeles (25 de janeiro), Sydney, na Austrália (29 de janeiro), e Tóquio (2 de fevereiro).

Veja algumas apresentações abaixo:

La Roux “Golden Years”

Gary Oldman “The Man Who Sold the World”

Gary Oldman “Dead Man Walking”

Simon Le Bon “Let´s Dance”

Joe Elliott “All the Young Dudes”

Revelações após morte de David Bowie

O documentário 'David Bowie: The Last Five Years' revela que Bowie descobriu o câncer apenas três meses antes de morrer.
Segundo Amy Hubbard, diretora de elenco do filme 'O Senhor dos Anéis', Bowie foi a primeira opção de ator para interpretar o mago Gandalf, mas recusou o convite por falta de tempo na época das filmagens. 
Jared Leto revelou que David Bowie foi sua grande inspiração para criar a versão do Coringa que aparece em 'Esquadrão Suicida', filme da DC.
Anthony Kiedis, do Red Hot Chili Peppers, revelou que o Camaleão do Rock também não quis trabalhar com eles, e foi mais de uma vez.
“Uma vez eu mandei para Bowie uma música e pedi pra que ele a cantasse. Ele me ligou e disse: 'Essa não é uma das melhores músicas de vocês’. Ele tem padrões muito altos e eu aprecio isso. Inspira o resto de nós a mantermos os nossos padrões altos
Sem a presença de amigos e familiares, o corpo de David Bowie foi cremado em Nova York, segundo o jornal inglês Daily Mirror. O icônico músico teria manifestado o desejo de
Se expor ao sol a embalagem do vinil de 'Blackstar', várias estrelas aparecem, como se fosse um céu em foto tirada pela NASA.
Max, o cachorrinho de Bowie também tinha olhos de duas cores, por causa de uma anomalia genética comum de animais. A foto foi postada por Iman, esposa do astro. Já Bowie, tinha os olhos diferentes devido a uma agressão sofrida quando jovem. 
Duncan Jones, filho de Bowie, contou que um dos últimos momentos emocionantes que ambos compartilharam foi quando ele revelou o sexo de seu neto:
Em entrevista à rádio BBC, a biógrafa Lesley-Ann Jones afirmou que a lenda do rock orquestrou sua própria morte: ''Já conversei com várias pessoas que sugeriram que a morte dele foi resultado de suicídio assistido. Tenho certeza de que ele não envolveu familiares e amigos para que eles ficassem protegidos''

 

 

Gary Oldman, La Roux e outros prestam homenagem a David Bowie em show tributo

Sem mais artigos