Depois de ter sido cancelado por causa dos ataques contra os Estados Unidos, o Grammy Latino anunciou nesta quinta-feira sua próxima festa: será dia 18 de setembro (e não mais dia 11) no Kodak Theatre, o mesmo local que sediou o Oscar, em Hollywood.

Segundo o comunicado da Latin Recording Academy, responsável pelo evento mais importante da música latina, as indicações para a premiação serão anunciadas em julho.

Duas novas categorias foram adicionadas: melhor álbum tropical contemporâneo e melhor álbum cristão, num total de 41 prêmios ao todo.

No ano passado, o Grammy Latino estava agendado para a noite de 11 de setembro no Staples Center, atual estádio do time de basquete Lakers, em Los Angeles.

Os prêmios foram anunciados em outubro numa entrevista coletiva à imprensa e entregues numa cerimônia reservada num hotel.

Cinco brasileiros — Gilberto Gil, Bebel Gilberto, Planet Hemp, Marcus Vianna e Faces do Subúrbio — foram indicados à categoria principal, sendo outros 23 nomeados para a premiação exclusiva aos astros brasileiros.

Sem mais artigos