Brian Head Welch criticou Chester Bennington

Divulgação Brian Head Welch criticou Chester Bennington

O guitarrista Brian Head Welch, do Korn, criticou o suicídio cometido por Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, que foi encontrado morto em seu apartamento aos 41 anos.

Em um texto publicado no Facebook, o músico falou sobre o caso. “Honestamente, Chester é um velho amigo e saímos juntos várias vezes, também tenho amigos muito próximos dele, mas isso tudo está me enchendo o saco! Como esses caras podem passar essa mensagem para os filhos e para o fãs?! Estou cansado dessa merda de suicídio! Eu já lutei contra depressão e problemas mentais e estou tentando ser simpático, mas é difícil quando estou com raiva! É o suficiente! Desistir de seus filhos, dos seus fãs e da vida é a escolha mais covarde!!!”, disse ele.

A opinião causou revolta entre os fãs do Korn e do LP, que pediram para ele apagar o post, coisa que não fez. “Sei que álcool e medicamentos podem estar envolvidos, estou processando tudo isso e sei que vocês compartilham desse sentimento. Senhor, receba o Chester em seus braços e por favor permita que ele se encontram com a família e todos nós um dia. Esteja com os filhos durante esse período difícil”, completou.

Chester morreu aos 41 anos

Divulgação Chester morreu aos 41 anos

Em outra publicação, Brian tentou se justificar. “Não quis soar insensível sobre o caso do Chester. Estou apenas tentando lidar com muita raiva e emoções hoje. Eu te amo, Chester. Estou puto por você ter feito isso, mas sei que eu poderia estar no seu lugar no passado após uma noite de bebedeira”, explicou.

Chester Bennington se enforcou em seu apartamento, de forma muito semelhante ao amigo Chris Cornell, que morreu em maio. Além disso, nesta quinta-feira (20) Chris completaria 53 anos se estivesse vivo.

Sem mais artigos