Na noite desta quinta-feira (28), antes do seu show no Credicard Hall, em São Paulo, o cantor Gusttavo Lima falou com a imprensa sobre a polêmica declaração de que iria encerrar sua carreira. O sertanejo pediu desculpas e afirmou que foi um momento de fraqueza.

Durante um show realizado no Iporá Fest, no interior de São Paulo, na última sexta-feira (22), o cantor surpreendeu quando revelou que aquele poderia ser um de seus últimos shows, em tom de despedida e em meio a agradecimentos ao público. “Já não aguento mais… não suporto mais”, declarou na ocasião.

 

O cantor, que começou a tocar em barzinhos aos 14 anos, explicou sobre o motivo do desabafo: “Atrás da carreira tem um ser humano cansado que deixa a família para trás. Fazia dois meses que eu não via a minha mãe por causa da agenda de shows. Minha irmã morreu há sete meses, mas a ficha ainda não caiu. Essa rotina eu faço por amor, mas 80% da minha vida pessoal eu perdi”.

Gusttavo também tranquilizou os fãs afirmando que já não existe a possibilidade de abandonar a carreira tão cedo. “Daqui por diante, sempre terá alguém da minha família me acompanhando. Vou continuar com a agenda e não pretendo diminuir. Foi um erro quando falei isso no palco. Peço desculpa aos fãs e a imprensa. Quem escolhe a música jamais se aposenta”.

O cantor, que ficou famoso com os sucessos “Gatinha Assanhada” e “Balada Boa”, se prepara para a carreira internacional com o lançamento de um disco em espanhol em maio, e está preparando outro trabalho em parceria com Zezé Di Camargo previsto para agosto.

Sem mais artigos