Tony Tornado e Gerson King Combo

Montagem/Divulgação Tony Tornado e Gerson King Combo

Com Tony Tornado e Gerson King Combo, duas lendas da black music brasileira, ao lado de Ellen Oléria e Rico Dalasam, nomes que representam esta corrente na atualidade, o grande Tim Maia será celebrado nos dias 27 e 28, no Sesc Pompeia.

No show batizado como Um Baile Por Tim Maia Racional, estas feras interpretam a trilogia Tim Maia Racional Vol 1, 2 e 3 e outros sucessos, com direção musical de Saulo Duarte, paraense radicado em São Paulo.

“São artistas muito especiais e plurais entre si. Temos o Tony Tornado e o Gerson King Combo que são de uma outra geração e que ajudaram a introduzir o funk e a soul music ao lado do Tim Maia no Brasil, Tony inclusive colaborou com Tim quando ambos moravam em Nova York nos anos 70, Gerson também é grande conhecedor do estilo e conhecido como ‘rei dos bailes’. A Ellen Oléria e o Rico Dalasam são de uma geração mais nova e que trazem no seu som também uma influência do mesmo soul que Tim Maia buscava. São muito diversos entre si e muito especiais, individualmente, vai ser bonito ver a interação de todos eles no show”, afirma Saulo.

Sobre o aspecto da obra de Tim que considera mais revolucionário, Saulo opina: “O Tim Maia sempre foi um cara de muita personalidade, sempre muito autêntico com o que sentia e com o que queria. A fase Racional, por exemplo, ele se encantou por essa cultura e dedicou três discos para falar sobre isso, mergulhou de cabeça nesse projeto e daí saíram grandes canções. Era movido pelo sentimento, e esse ‘feeling’ pra mim é a revolução do Tim, esse jeito de fazer e sentir música com tanta paixão”, comenta.

Também um grande estudioso de Jorge Ben Jor, Saulo falou ainda se acha possível comparar os anos 70, quando Tim e Jorge tiverem seu auge criativo, na visão de muitos fãs, com o atual momento da música brasileira. “Jorge Ben e Tim Maia fizeram parte de uma geração incrível da música popular brasileira e seguem influenciando até hoje, o legado de ambos é enorme e fica difícil qualquer comparação porque os tempos eram outros e a forma de pensar e fazer música era muito diferente também, acho que o link que podemos fazer é simplesmente observar a caminhada de artistas como o Rico Dalasam, a Ellen Oléria, Russo Passapusso, Anelis Assumpção e perceber que são movidos pela mesma paixão do fazer música, cada um do seu jeito”, pondera.

Como cantou o próprio Tim Maia do Brasil um dia: “dance enquanto é tempo”.

SERVIÇO

Um Baile Por Tim Maia Racional
Dias 27 e 28 de janeiro, sexta e sábado, às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados: 150. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa às 20h30.
Ingressos: R$9,00 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15,00 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30,00 (inteira).

Venda online a partir de 17 de janeiro, terça-feira, às 17h30.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 18 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não tem estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia

Ficha Técnica

Direção Musical: Saulo Duarte e Edy Trombone
Interpretes: Tony Tornardo, Gerson King Combo, Ellen Oléria, e Rico Dalasam
Bateria: Bruno Marques
Baixo: Robinho Tavares
Percussão: Michelle Abu
Teclados: Mauricio Fleury
Guitarra: Allen Alencar
Trompete: Jorge Ceruto
Trombone: Edy Trombone
Saxofone/Flauta transversal: Fernando Bastos
Produção Executiva: Arte Rumo e Ramalhete Produções

Sem mais artigos