Solange no Cine Joia, em São Paulo

Solange Knowles se apresentou com sua banda na noite desta quinta-feira (21) no Cine Joia, em São Paulo. E o que falar da irmã de Beyoncé? Sim, irmã! Só digo que deve ser uma pressão absurda. É como ser irmã gêmea de Gisele Bündchen e não se parecer com ela. Mas, Solange e a irmã têm aspirações musicais bem diferentes e ela mostrou durante o show que está encontrando um caminho muito mais cool do que o de Beyoncé.

Aos 15 anos, em 2001, Solange chegou a fazer algumas participações temporárias no grupo Destiny’s Child, onde Beyoncé era uma das integrantes. No ano seguinte, iniciou carreira solo e lançou seu primeiro disco com um pop comum e oco. Mas foi somente a partir de 2008, com o segundo trabalho, é que a coisa começou a tomar outro rumo, e suas composições seguiram uma pegada mais Motown das décadas de 60 e 70. Durante todo esse tempo, apenas uma coisa parece não ter mudado: a paixão por escrever músicas, em especial para a irmã mais velha.

Com 15 minutos de atraso, o show começou com alguns probleminhas técnicos logo na canção instrumental de entrada. Mas, resolvido isso, Solange pisou no palco linda, a bordo de um macacão branco com estampa afro. Ela surpreendeu aqueles que esperavam vê-la com o famoso black power, que foi substituído por um volumoso cabelo trançado.

“Se tem uma coisa que eu gosto do Brasil é que vocês sabem fazer isso”, disse ela ao requebrar cheia de gingado logo na segunda música, Some Things Never Seem To Fucking Work, do EP True, lançado no fim de 2012. Aplaudida calorosamente pelos fãs, que intercalavam palmas e gritos de “linda”, “maravilhosa” e “musa”, Solange cantou, dançou, sensualizou e fez a simpaticona durante quase 1 hora com o público, mas sem os clichês (exageradamente comuns entre as cantoras, como aquele fatídico “amo vocês” entre uma canção e outra).

Espirituosa, ao receber um dos vários presentes que ganhou dos fãs, soltou: “Percebi que aqui vocês gostam de presentear as pessoas. Estou adorando tudo isso. Só para que vocês saibam, eu calço 39!”, brincou. O ápice da apresentação, claro, foi com Losing You, música que é o estandarte do som modernoso feito por ela, cheio de perfumes do R&B do fim dos anos 80.

Nos últimos anos, Solange virou ícone fashion mixando estilos afro e retrô e os traduzindo em cores fortes e estampas e conjuntinhos de alfaiataria. Seus outros empreendimentos incluem um contrato com uma marca de cosméticos e uma linha de brinquedos com o estilo hip-hop para crianças, que foi inspirada em seu filho Jules, de 9 anos.

Irmã de Beyoncé, Solange faz show cheia de simpatia e gingado em São Paulo

Sem mais artigos