O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC, na sigla em inglês) anunciou nesta terça-feira (07) que decidiu nomear a cantora Ivete Sangalo como Embaixadora Nacional da Boa Vontade para o combate ao tráfico de pessoas no Brasil.

A nomeação será oficializada na próxima quinta-feira em Brasília, durante uma cerimônia liderada pelo diretor-executivo do UNODC, o russo Yury Fedotov, que se encontra no Brasil para a apresentação da campanha “Coração Azul” no país.

“Ivete Sangalo é uma das mais respeitadas, populares e bem-sucedidas artistas do Brasil, e sua música transcende as fronteiras brasileiras”, disse Fedotov sobre a escolha da cantora, que em seus mais de 20 anos de carreira ganhou um Grammy Latino.

Mediante um comunicado, o UNODC explicou que com a campanha “Coração Azul”, já apresentada em uma dezena de países, se propõe a sensibilizar e mobilizar a sociedade contra o tráfico humano, que define como uma “forma moderna de escravidão”.

A cerimônia será realizada na sede do Ministério da Justiça, que, junto com as secretarias de Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres, se comprometeu a difundir os objetivos do UNDOC no Brasil. 

Sem mais artigos