Um dos maiores hypes de 2010, o The XX, conquistou o público e a crítica especializada com um som minimalista, melancólico e baseado em melodias simples.

Além de ter tocado em festivais como Glastonbury, Coachella, Bonnaroo, Lollapalooza e All Tomorrow’s Parties, o The XX entrou de vez na esfera mainstream após ter levado para casa o Mercury Prize em setembro. A repercussão da banda foi tanta que a cantora Shakira resolveu fazer um cover de uma das músicas do trio, Islands, em sua apresentação no Glastonbury.

Mesmo tendo muito destaque com seu trabalho próprio, o grupo também ganhou elogios com um de seus principais remixes, para a versão de You Got The Love do Florence + The Machine. Outro remix assinado pelo grupo foi para The Afterlife, do Yacht.

Esse gosto por remixes vem de Jamie Smith (que assina Jamie XX), a cabeça da banda e seu principal produtor. Depois do lançamento do álbum de estreia do XX, o músico vem se dedicando quase exclusivamente a novos remixes, ao mesmo tempo em que começa a lançar algumas faixas de sua carreira solo.

E é nos remixes que Jamie XX costuma acertar em cheio: além de não ter medo de escolher faixas pop, como o novo hit de Adele, Rolling in The Deep, e Money Boy, de Eliza Doolittle, o músico consegue reunir diversos elementos (batidas quebradas, produções complexas, levadas pop a la RedOne e bases hip hop) em suas recriações sem cair no caricato ou no exagero puro e simples.

Um de seus primeiros remixes, para Fog, do beatmaker e modulador Nosaj Thing, é um ótimo exemplo da capacidade de Jamie XX de reunir batidas minimalistas (típicas de seu trabalho no The XX) e uma atmosfera mais grandiosa.

E o garoto (de apenas 21 anos) é ambicioso: seu novo projeto é remixar todas as músicas do elogiado novo álbum de Gil Scott-Heron, I’m New Here. Se fazer um remix já não é tarefa fácil, recriar as faixas de um ícone tão importante na música contemporânea é mesmo um desafio. Mas parece que Jamie deu conta, pelos bons resultados de seus remixes para New York Is Killing Me e I’ll Take Care Of You.

Sem mais artigos