John Lydon não se cansa de causar polêmica com suas declarações às vezes fanfarronas, mas sempre sinceras.

Após ter recebido o prêmio de Melhor Livro do Ano no NME Awards 2011 por Mr. Rotten’s Scrapbook, o líder do Sex Pistols aproveitou a oportunidade para soltar a língua.

“Não quero seus prêmios, quero respeito, que é o que eu mais ofereci durante toda a minha carreira. A imprensa precisa é me ouvir. E, aliás, como estão aqueles dois filhos da puta que estão governando o país nesse momento? É esse tipo de coisas que vocês merecem por não darem atenção ao que os outros dizem”, disparou Lydon, se referindo ao atual governo britânico, formado por uma coligação entre o partido conservador, de David Cameron, e o Liberal, de Nick Clegg.

John Lydon também reclamou de não ter levado para cara o prêmio de Gênio Musical do Ano – embora tenha afirmado anteriormente que não dá bola para premiações.

“Honestamente, eu sinto que nesses 30 anos de trabalho sério eu mereci todo e qualquer prêmio da indústria musical, então sinto como se eu tivesse ganho. Mas sei muito bem que uma revista como essa (o semanário americano NME) não valoriza isso, e prefere dar o prêmio para um americano qualquer como esse Foo Fighter aí (se referindo a Dave Grohl). Isso é hilário!”, completou Lydon.

Veja aqui um A a Z de John Lydon, ícone máximo do movimento punk.

John Lydon xinga governo britânico em premiação americana

Sem mais artigos