Jon Bon Jovi falou sobre o drama de sua filha e a dificuldade de deixar as drogas, durante uma entrevista ao programa Katie, da jornalista Katie Couric, exibido no último sábado (16). O músico revelou que ficou ‘extremamente chocado’ ao receber a notícia de que Stephanie Rose Bongiovi havia sido presa após uma overdose de heroína. “Há muita pressão em cima destas crianças hoje em dia. Foi o pior telefonema da minha vida”, contou.

Segundo ele, o epsódio como “uma grande tragédia”. “As coisas acontecem. Essa tragédia foi algo que eu tive que enfrentar também, então vamos superar isso. E os bons votos das pessoas para a minha família e para mim têm sido realmente confortantes. Então, estamos bem.” Stephanie foi presa em 14 de novembro de 2012.

Após uma denúncia anônima, a polícia e o corpo de bombeiros invadiram o quarto da jovem, no colégio Hamilton College, em Nova York, e a encontraram com sinais de overdose. A garota foi encaminhada para um hospital e posteriormente presa. A polícia afirmou que havia heroína e maconha no quarto. Ela foi detida por posse de maconha e heroína e logo depois liberada. 

“Em tempo, este problema é muito maior do que eu pensava e não consigo esquecer quantas pessoas já haviam me dito anteriormente, ‘meu filho, minha filha’. A verdade é que existe muita pressão em cima das crianças nos dias de hoje. Ela está indo bem. Sinto-me abençoado por ela estar saudável e inteira. Nós vamos superar isso”, afirmou após contar que a filha se recuperou do vício com a ajuda da família. ”Estamos passando por tudo isso juntos e com muito amor”, finalizou. 

Sem mais artigos