Enfim, veio à luz a nova do Jota Quest, parceria com o guitarrista Nile Rogers, do Chic, grupo que estabeleceu vários parâmetros musicais da disco music entre fim dos anos 70 e começo dos 80. Entre os hits do Chic estão Dance, Dance, Dance (Yowsah, Yowsah, Yowsah) (1977), Everybody Dance (1977), Le Freak (1978), I Want Your Love (1978), Good Times (1979) e My Forbidden Lover (1979).

Com instrumentação clássica de música negra como funk e soul, baixo, guitarra e bateria “na cara”, clavinete dando “molho”, voz suave, Mandou Bem, single do esperado novo disco do Jota, foi produzida pelo baixista e produtor norte-americano Jerry Barnes, que trabalhou com Stevie Wonder e mixado em Los Angeles pelo engenheiro Joe Zook (Katy Perry, Pink, One Direction e The Hives).

 

Alicerce da faixa do Jota Quest, o lendário Rogers reapareceu recentemente no cenário pop alçado pelas suas participações no álbum do Daft Punk lançado este ano, Random Access Memories. Get Lucky, uma das faixas mais tocadas do ano, inclusive parece ter inspirado a nova do Jota Quest, especialmente na introdução e o vocoder no final. Mas o fato é que Mandou Bem já chega para entrar no páreo de música do ano. Você concorda?

 

 

Sem mais artigos