“Se você quer karaokê, vá a um bar de karaokê”. Assim Paul Stanley, vocalista do Kiss, descreveu a performance de cantoras pop como Rihanna no lançamento da turnê The Tour, excrusão conjunta do Kiss com o Mötley Crue, anunciada nesta quarta-feira (21).

“Estamos cansados de cantoras com bailarinos e fitas de karaokê como apoio”, disparou Gene Simmons, baixista do Kiss. “Deixe isso para Rihanna, Smhianna ou qualquer uma que termine seu nome com ‘A'”.

Stanley completou: “Eu quero que as pessoas vão embora dizendo ‘então, é isso que é rock! É perigoso, é livre, não é perfeito. Seja qual for o artista pop que você vê dançando pelo palco e fazendo playback, isso é uma enganação, não uma performance ao vivo”.

A turnê terá 41 datas espalhadas por diversas cidades norte-americanas, e irá durar praticamente todo o verão, de julho a setembro.

Alguns veículos da imprena brasileira chegaram a noticiar que a abertura da nova turnê do Kiss seria em julho, no Brasil. Por enquanto, a nova passagem da banda por aqui não foi confirmada.

Sem mais artigos