Dave Grohl e Krist Novoselic, membros sobreviventes dos Nirvana, discutiram, após apresentação no ‘Rock & Roll Hall of Fame’, a possibilidade de gravarem novo material dos Nirvana sem Kurt Cobain nas vocais.

Os ícones do grunge subiram ao palco do Brooklyn’s Barclays Center no dia 10 de abril, onde atuaram com Joan Jett, St Vincent, Lorde e Kim Gordon, na cerimônia da introdução dos Nirvana no Rock And Roll Hall Of Fame.

 

Agora, comentando a muito aclamada reunião em entrevista à Rolling Stone, Novoselic, baixista do projeto, afirmou não descartar a hipótese de gravar novo material dos Nirvana sem Kurt Cobain.

Quando questionado se a reunião havia sido um evento único ou se os Nirvana tencionavam regressar num futuro, Novoselic respondeu: “Isso é uma boa questão. Isto é, existem os Foo Fighters e o Dave tem outros projetos em curso. E eu tenho alguns compromissos. Mas nunca diga nunca. Eu não serei contra. Talvez possamos até fazer música nova um dia”.

Dave Grohl mostrou-se, porém, mais reticente. “Ainda nem falamos sobre isso. Olhamos para aquela noite como uma noite que pode não acontecer novamente. Foi isso que a tornou tão poderosa e bonita e significante. Pode nunca voltar a acontecer, por isso tirámos o melhor partido dela. E foi incrível”.

Em entrevista à Rolling Stone, Krist Novoselic e Dave Grohl contaram ainda como foi voltar a tocar as faixas dos Nirvana, depois de passarem tantos anos sem o fazerem.

“Peguei num livro com os acordes das músicas dos Nirvana uma semana antes, para reaprender as minhas partes. Inicialmente, não foi fácil. Mas depois começou a fluir e ficou cada vez melhor. E então tudo aquilo atingiu-me e eu fiquei meio nostálgico. E pensei: ‘Oh meu Deus, estou tocando estas canções novamente’”, revelou Novoselic.

“Eu já não tocava aquelas partes de bateria desde os meus 25 anos. Agora, tenho 45. Tocamos durante dez horas seguidas, todos os dias. Depois da primeira noite de ensaios, fui para casa me arrastando, tomei dois copos de vinho, três remédios para dor, tomei um banho quente e dormi durante dez horas. Isso é um coma para mim, porque eu nunca durmo”, contou, por sua vez, Grohl.

Sem mais artigos