Desde 2009, quando começou a cogitar um afastamento dos palcos, Lily Allen vem tentando emplacar sua própria gravadora.

Até o momento, entretanto, a cantora não havia conseguido muito espaço ou muitas contratações. Intitulada In The Name Of, a gravadora estava tentando atuar longe da influência dos grandes selos, contratando nomes como o pouco conhecido duo americano Cults e outros artistas underground.

De acordo com o tabloide inglês The Sun, a estratégia não deu certo, e Lily Allen resolveu se afiliar à Sony Music para conseguir dinheiro suficiente. A publicação afirmou que Lily Allen receberá uma quantia fixa por mês como contratada e ajuda para estabelecer uma equipe fixa de profissionais.

Sem mais artigos