Os Jogos Olímpicos serão encerrados neste domingo, após 17 dias de competição, com uma homenagem à música pop britânica, uma das principais referências culturais do Reino Unido.

O espetáculo Uma Sinfonia de Música Britânica, que começará às 17h (de Brasília) no Estádio Olímpico de Stratford durará quase três horas, e é mantido em segredo pelos organizadores, mas convive com rumores sobre seus participantes, com nomes desde as Spice Girls até Muse.

Assim como no dia 27 de julho, quando ocorreu a cerimônia de abertura, o responsável pelo evento de fim dos Jogos, o coreógrafo Kim Gavin, deseja surpreender os 80 mil espectadores, em uma cerimônia de passagem de bastão para o Rio de Janeiro, que receberá os Jogos de 2016. O clima deve ser agradável, com uma temperatura entre 16 e 19 graus.

O diretor musical do espetáculo, David Arnold, prometeu que os Jogos terão uma cerimônia de encerramento com 4 mil participantes, e que a mesma será “bela, desinibida, um pouco cafona, alegre e emocionante”.

Outros nomes cotados são os de George Michael, que pode voltar a cantar após uma grave pneumonia, os Rolling Stones, em seu 50º aniversário, e Ray Davies cantando Waterloo Sunset, do The Kinks.

Além destes, Paul McCartney, que fechou a cerimônia de abertura com Hey Jude, Elton John, Annie Lennox, Adele e Madness, são alguns dos que podem aparecer no Estádio Olímpico.

Após “saltar” de paraquedas com James Bond na abertura olímpica, a Rainha Elizabeth II, de 86 anos, estará ausente no encerramento dos Jogos, e a representação real será feita por sua filha, a princesa Anne, presidente da Associação Olímpica Britânica, além da duquesa de Cambridge e o príncipe Harry.

Em um espetáculo que promete exibir símbolos londrinos como os famosos táxis pretos, a Torre de Londres e o Big Ben, estará presente o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que receberá a bandeira olímpica das mãos do presidente do COI, Jacques Rogge.

A Carta Olímpica determina a inclusão na cerimônia de tradições como o desfile dos atletas, com todos os porta-bandeiras das 204 delegações participantes desfilando juntos, “como uma só nação”, e a entrada das bandeiras da Grécia, do Reino Unido e do Brasil no estádio.

Após a chama olímpica ser apagada, uma queima de fogos de artifício será a responsável por finalizar os 30º Jogos Olímpicos da era moderna, os terceiros em Londres.

Sem mais artigos