Mick Jagger afirmou que está curtindo mais ser vocalista do SuperHeavy do que dos Rolling Stones. Em entrevista ao site Spinner.com, o cantor disse que prefere não ser o único frontman em uma banda e está aproveitando para dividir as responsabilidades vocais com Joss Stone, Damian Marley, Dave Stewart e AR Rahman.

LEIA MAIS: Rolling Stones podem fazer turnê especial de 50 anos

Assista ao primeiro clipe do SuperHeavy, ‘Miracle Worker’

A declaração parece ser uma leve ‘alfinetada’ em seu grupo principal, que está prestes a completar 50 anos. Jagger já afirmou que caso o grupo se reúna para comemorar o aniversário no próximo ano, o guitarista Keith Richards não será convidado. A dupla se estranhou depois que Richards fez comentários maldosos sobre Jagger em sua autobiografia, Life (lançada aqui com o título Vida).

“Bom, na verdade, é bem mais fácil para mim. Foi com isso que Dave me convenceu no início. ‘Você sabe, não será tão difícil para você, porque não terá que fazer tudo o tempo todo’ e eu concordei”, contou Jagger. “Mas é claro, você está presente o tempo todo. Quando não estava cantando, estava tocando guitarra, e quando não estava tocando guitarra, estava tocando gaita, e quando não estava fazendo nada disso, estava produzindo, e quando não estava fazendo isso, estava fazendo chá”.

Segundo Jagger, não ser o vocalista principal facilita para trabalhar mais nas harmonias e encaixe com as vozes dos outros membros da banda, principalmente nas deixas para Joss Stone. “É muito fácil fazer isso com Joss, e claro, é divertido não ter que fazer tudo. A pessoa mais jovem ali é Joss, que é uma grande estudiosa de soul music, então não é alguém que eu tenha que explicar referências ou quem é Aretha Franklin, ela sabe disso tudo. Se você está trabalhando com pessoas bem mais jovens, eles não sabem nada disso e você tem que explicar tudo, mas com Joss não é assim”.

Porém, apesar de todo o entrosamento musical, Jagger contou que já teve que pedir algumas vezes para que a cantora calasse a boca no estúdio. “Ela fala o tempo todo e está sempre pra cima e rindo espontaneamente. Ela não é do tipo de garota tímida que fica sentada no canto e você não faz ideia do que está pensando. Ela está sempre te dizendo o que passa pela cabeça, o que é bom. E ela canta o tempo todo, canta até os pensamentos. Já tive que dizer ‘Joss, posso ter cinco minutos sem sua cantoria? Joss, cale-se. Joss!'”

Shows

Jagger disse que o SuperHeavy pode fazer alguns shows após o lançamento do álbum. “Conversamos sobre fazer algumas apresentações especiais. Não acho que seja uma banda para sair em turnê por cem cidades. Todos estão bem ocupados com suas carreiras, teríamos que encaixar tudo isso.”

Sem mais artigos