Ala.Ni

Ira Rokka Ala.Ni

Começa nesta sexta-feira o MIMO Festival Paraty (6 a 8 de outubro), que vai promover um line-up exclusivamente feminino, com direito à representatividade trans, na charmosa cidade fluminense, com atrações como As Bahias e a Cozinha Mineira, Liniker e os Caramelows, Baby do Brasil, IZA, Ala.Ni, Teresa Salgueiro, entre outras.

Inspirada por cantoras de jazz e musicais americanos, como Billie Holiday e Judy Garland, a londrina de origem caribenha Ala.Ni é uma revelação no cenário europeu. Foi vocalista de Andrea Bocelli, Mary J. Blige e Blur, até sair em carreira própria.

A organização também aproveitou para apresentar a programação do MIMO Festival no Rio (10 a 12 de novembro) e em Olinda (17 a 19 de novembro), com a presença de nomes internacionais, como Emir Kusturica, e os concorrentes ao Grammy Latino, o grupo francisco, el hombre, o cantor baiano Russo Passapusso e os rappers do projeto Língua franca, Emicida, Capicua e Rael, além do compositor e cantor de Mali Vieux Farka Touré, e o coletivo Ondatrópica, da Colômbia.

Consolidado como o maior evento de música gratuita do país, MIMO FESTIVAL reafirma line-up que preza por qualidade e inovação ao anunciar as atrações de Rio e Olinda em novembro.  O grupo francisco, el hombre e os rappers do projeto “Língua franca”, Emicida, Capicua e Rael, recém-indicados ao Grammy Latino, marcarão presença no palco do MIMO 2017.

Como já anunciado, o cineasta e músico Emir Kusturica também está entre as principais atrações, com lançamento de filme e show. Otto encerra o festival em grande estilo, em Olinda, apresentando seu novo disco, “Ottomatopeia” Um dos eventos mais esperados do ano, com a participação de nomes de vanguarda musical de cinco continentes, e consolidado como o maior festival de música gratuito da América Latina.

Prestes a completar 15 anos, em 2018, e marcado por retumbantes passagens internacionais por Amarante (Portugal) e Glasgow (Escócia), a edição 2017 traz às duas cidades uma programação abrangente, com concertos inéditos de artistas de diversas nacionalidades. Neste ano, depois de passar pelas históricas Tiradentes e Ouro Preto, em Minas Gerais, e chegar à charmosa Paraty, na costa fluminense, no fim se semana (6 a 8 de outubro), o festival segue. em novembro, para a Cidade Maravilhosa, tendo seu palco principal na Marina da Glória, e para Olinda, berço da arquitetura colonial e do próprio MIMO.

O grupo de rock México-Brasil francisco, el hombre e os rappers do projeto “Língua franca”, Emicida, Capicua e Rael, ambos recém-indicados ao Grammy Latino, e o carismático cantor e compositor baiano Russo Passapusso, conhecido por misturar rap e dub à guitarra baiana, estão entre as novidades do palco carioca, assim como a apresentação do Sons de Sobrevivência, com o duo de percussão Soukast e o pianista Benjamim Taubkin. Criolo é headliner no Rio e o pernambucano Otto encerra o festival de 2017 em grande estilo em Olinda, apresentando seu novo álbum, “Ottomatopeia”.

Tanto a capital carioca, como a cidade pernambucana, vão receber ainda o Konono Nº 1, grupo que vem diretamente do Congo para substituir o Nouvelle Vague, que por problemas de saúde com um de seus integrantes teve que cancelar a participação no festival. Entre outros destaques, estão confirmadíssimos o cineasta e músico Emir Kusturica & The No Smocking Orchestra, da Sérvia, que marcarão presença na capital carioca e na cidade-patrimônio pernambucana.

E ainda a jovem francesa Laura Perrudin, que com uma harpa cromática eletrificada, mistura jazz, hip hop, soul e música eletrônica; o violinista e fantástico improvisador francês Didier Lockwood, com seus mais de 40 anos de carreira, 4 mil apresentações e turnês pelo mundo; o excepcional trio africano 3MA, formado pelo renascentista Rajery com sua valiha, o mágico da kora Ballaké Sissoko e o incrível oudista Driss El Maloumi; o instrumentista, compositor e cantor de Mali Vieux Farka Touré, que foi considerado pelo jornal inglês “The Guardian” “o novo herói da guitarra africana”; o coletivo Ondatrópica, da Colômbia, que, com um pé na tradição e outro na modernidade, vai da cúmbia ao hip hop, passando pelo funk, dub, jazz e ska; o roqueiro português Manel Cruz, que ganhou notoriedade, na década de 1990, como integrante da cultuada banda Ornatos Violeta e faz a sua estreia no Brasil.

Realizado por Lu Araújo Produções e Musickeria, o MIMO FESTIVAL é apresentado pelo Ministério da Cultura, Bradesco e Cielo, tem o patrocínio do BNDES e Hero – conjunto de aplicativos desenvolvido pela FS – além de contar com o apoio da Estácio, Azul Linhas Aéreas, como companhia Aérea Oficial, e Minalba como Água Oficial, apoio da Estácio e 99.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DE PARATY

CONCERTOS

6 OUT (SEX)

  • 20H ANDREA ERNEST DIAS E ELODIE BOUNY· Igreja Matriz N. S. dos Remédios
  • 22H AS BAHIAS E A COZINHA MINEIRA· Palco Praça da Matriz
  • 00H LINIKER E OS CARAMELOWS· Palco Praça da Matriz

7 OUT (SAB)

  • 19H JOANA QUEIROZ· Igreja de Santa Rita
  • 20H ALA.NI (Inglaterra) · Igreja Matriz N. S. dos Remédios
  • 22H BABY DO BRASIL· Palco Praça da Matriz
  • 00H OUMOU SANGARÉ(Mali) · Palco Praça da Matriz

8 OUT (DOM)

  • 16H IZA· Igreja do Rosário
  • 21H30 TERESA SALGUEIRO(Portugal) · Palco Praça da Matriz

ETAPA EDUCATIVA

6 OUT (SEX)

Workshop: COME TO ME – THE CYANOTYPE PROJECT

Ministrante: ALA.NI (Inglaterra)

Casa da Cultura de Paraty · 10H ÀS 12H

Workshop: OFICINA DE CRIAÇÃO MUSICAL

Ministrante: JOANA QUEIROZ

Casa da Música · 14H ÀS 16H

7 OUT (SÁB)

GESTÃO DE FESTIVAIS INTERNACIONAIS – DESAFIOS E SINGULARIDADES

Ministrante: LU ARAÚJO / Mediação: BELITA CERMELLI

Igreja Matriz N. S. dos Remédios · 10H ÀS 12H

Workshop: VIOLÃO LATINO-AMERICANO

Ministrante: ELODIE BOUNY (França)

Casa da Cultura · 10H ÀS 12H

Workshop: FLAUTA BRASILEIRA, UMA ESCOLA DE INTERPRETAÇÃO

Ministrante: ANDREA ERNEST DIAS

Casa da Música · 10H ÀS 12H

FÓRUM DE IDEIAS

O Fórum de Ideias promove o debate, a reflexão e a troca de conhecimento entre as inúmeras possibilidades de se fazer e pensar a arte através das diferentes expressões culturais. Atividadeparalela à programação do MIMO Festival, o Fórum será uma das atrações do MIMO Paraty.

6 OUT (SEX)

“DEIXA EU BAGUNÇAR VOCÊ”, UM BATE-PAPO COM LINIKER BARROS

Ministrante: LINIKER

Casa da Cultura · 15H

7 OUT (SÁB)

“AMÁLIA RODRIGUES POR TERESA SALGUEIRO”

Ministrante: TERESA SALGUEIRO (Portugal)

Casa da Cultura · 15H

8 OUT (DOM)

A MULHER AFRICANA NA SOCIEDADE ATUAL

Ministrante: OUMOU SANGARÉ (Mali)

Casa da Cultura · 11H30

FESTIVAL MIMO DE CINEMA

Todos os filmes serão exibidos na Casa de Cultura de Paraty

6 OUT (SEX)

18h – BAMBAS, de Anná Furtado (20min)

O PIANO QUE CONVERSA, de Marcelo Machado (1h18min),

20h – ILÚ OBÁ DE MIN – UMA HOMENAGEM A ELZA SOARES, A PÉROLA NEGRA, de
Beto Brant (38min)

CLARA ESTRELA, de Susanna Lira e Rodrigo Alzuguir (1h12min)

7 OUT (SÁB)

18h – A RETIRADA PARA UM CORAÇÃO BRUTO, de Marco Antônio Pereira (15min)

SOTAQUE ELÉTRICO, de Caio Jobim e Pablo Francischelli (1h33min)
20h – SAMBA DE CACETE: ALVORADA QUILOMBOLA, de André dos Santos (26min)

SOBRE NOIZ, de Emicida, Ênio César e Evandro Fióti (1h10min)

8 OUT (DOM)

18h – MÚSICA ILUSTRADA, de Inacio Zatz (8min)

COSME, de Luciano Scherer (13min)

A PLEBE É RUDE, de Diego da Costa e Hiro Ishikawa (1h15min)
20h – ENTRE O TRAÇO E A LUZ, de Zeca Ferreira (12min)

SUPER ORQUESTRA ARCOVERDENSE DE RITMOS AMERICANOS, de Sérgio Oliveira (1h17min)

CHUVA DE POESIA

8 OUT (DOM) ·12H · Igreja Matriz N. S. dos Remédios

Sem mais artigos