Bombino, Tom Zé e Alceu Valença

Reprodução/Facebook Bombino, Tom Zé e Alceu Valença

Depois de passar pelas cidades de Paraty, Ouro Preto e Tiradentes em outubro, o Mimo Festival chega agora à capital fluminense pela primeira vez. Com uma programação inteiramente gratuita de shows, workshops e filmes, o maior festival de música instrumental do Brasil acontece de 13 a 15 de novembro nos principais espaços do patrimônio histórico do Rio de Janeiro, como o Parque Lage, o Cine Odeon e a Igreja da Candelária.

O guitarrista tuaregue Omara “Bombino” é um dos grandes destaques da edição carioca do festival. Conhecido como o Hendrix do Saara, Bombino se envolveu desde cedo na luta pela independência do seu povo e encara seu papel de guitarrista como um meio de levar a cultura tuaregue para o mundo. Além dele, se apresentarão também o luso-angolano Batida, que mistura música africana dos anos 70 à eletrônica moderna do kuduro, e os consagrados músicos brasileiros Tom Zé e Alceu Valença.

Bombino

Reprodução/Facebook Bombino

A música também é a personagem principal do Festival Mimo de Cinema, que traz 23 filmes que destacam o universo do samba, rock, frevo, pife e reggae. Inédito no Brasil, o documentário The Amazing Nina Simone, do cineasta alemão Jeff L. Lieberman, abrirá a programação cinematográfica. Além dele, serão exibidos filmes como Premê-Quase lindo, de Alexandre Sorriso e Danilo MoraesReverberações – Itamar Assumpção, de Pedro ColomboMy name is now, Elza Soares, de Elizabete Martins Campos.

Completam a programação do Mimo a Etapa Educativa, com aulas ministradas pelos principais artistas do festival, e a Chuva de Poesia. Ficou interessado? Você pode conferir a programação completa do festival no site http://www.mimofestival.com/. Aproveita e vem ver também como foi a edição de Paraty, que teve shows de grandes nomes como Jacob Collier e Salif Keita:

Sem mais artigos