Foi assim que ficamos sabendo da existência de Léo Conceição: “APRESENTANDO A NOVA DJ TOP LESS: LÉO CONCEIÇÃO 28 ANOS UMA LOIRA DE TIRAR O FÔLEGO DE QUALQUER UM, COBIÇADA POR HOMENS E MULHERES, COMPACTA NA ALTURA, PORÉM COM SEIOS FARTOS…”.

Grafado exatamente dessa forma, em letras maiúsculas, o release que adentrou a caixa de e-mail do Virgula Música anuncia que a modelo – já detalhadamente apresentada – é a nova DJ Topless. Assim como nós, você não deve estar entendendo nada. Por isso fomos procurar saber quem (e o que é) a tal DJ Topless. A resposta para o enigma acima veio da própria Léo Conceição, que concedeu uma interessante entrevista ao Portal Música.

Para assumir o título de única DJ Topless do Brasil, anteriormente ocupado por Chris Miller, Léo precisou dar um upgrade em um dos equipamentos mais importantes para sua profissão – depois dos fones de ouvido, é claro – sua comissão de frente. “Agora em janeiro vou trocar minha prótese de silicone, ela vai passar de 450 ml para 700 ml de cada lado.”  



Porém, a modelo gosta de deixar claro que não é apenas sua dupla de seios fartos que garantem sua ascensão como DJ: “Eu não sou só o top-less, eu toco de verdade. Não estou falando mal de ninguém, mas eu toco mesmo”, respondeu dando uma leve cutucada em sua antecessora.

Léo nos contou que antes de começar a tocar já estava envolvida com organização de eventos na noite paulistana. “Fui promotora de eventos por muito tempo. Sempre acabava brincado um pouco no fim da balada e tinha vontade de tocar profissionalmente”, conta orgulhosa. Para iniciar sua carreira, a loira fez um curso de DJ em uma escola de São Paulo. “Já me formei e agora estou cursando produção musical”, acrescenta.

Mas, se engana quem pensa que só de música eletrônica vive modelo. “Sou muito eclética. Gosto de Ivete Sangalo, Daniela Mercure, Alexandre Pires, Leonardo, Arlindo Cruz e Zé Ramalho”. Além disso, ela também admira ritmos nacionais: “venho de uma cultura voltada para o frevo e o forró”. Questionada sobre quem é seu ídolo no comando das carrapetas, Léo respondeu sem titubear “David Gueta e Tiesto são os melhores do mundo”.

Para manter o corpão, uma das vitrines de seu trabalho, a loira pratica Jiu-Jitsu e frequenta uma academina “no mínimo três vezes por semana”. “Não mantenho uma dieta de atleta, apenas me alimento na quantidade certa”. Aproveitando sua veia esportiva, Léo encerra nossa entrevista com uma comparação inusitada: “Mixar é como andar de bicicleta, depois que pega o jeito nunca mais esquece”.

Pegando uma carona na história da modelo, conheça outras DJ’s Topless que fazem a cabeça – e o som – da galera em muitas pistas de dança espalhadas pelo mundo. Para acessar, basta clicar na foto acima e navegar por nossa galeria.

Sem mais artigos