Os festivais de rock sempre foram um campo fértil para observações das tendência da moda. E o Coachella, que acabou no domingo (14) traz todos os ingredientes necessários para a montação hipster: som alternativo, gente jovem, clima de contracultura. Na edição deste ano, o que prevaleceu foi o espírito hippie relido para os dias atuais. 

Prevaleceu o uso de shorts, botas, barriga de fora, estampas inspiradas em motivos indígenas e também em fractais.

A escalação do festival mescla nomes consagrados e indies, mas é sua localização que faz a diferença. O Coachella é um mundo paralelo que brota por três dias no deserto de Indio, na Califórnia. Imagens do público do festival, que trouxe nomes como Blur, Phoenix, Red Hot Chili Peppers, Yeah Yeah Yeahs, How to Destroy Angels, The xx, Grizzly Bear, Hot Chip, the xx, Sigur Rós e outros.

Sem mais artigos