Bom, você pode achar que o Morrissey é muitas coisas, mas não dá pra culpá-lo de ter papas na língua, né?

Ele publicou uma nova declaração no True To You, fanzine dedicado a ele, em que ele não poupa ninguém. Ele acusa às gravadoras por decepcionarem o mundo, chama a Família Real de causa perdida, diz que Tony Blair e George Bush deviam ter sido presos por crimes de guerra, e pede que parem de assistir a Fox News.

A declaração inteira está aqui. Leia os principais trechos:

Eu estou em débito com três fontes que colocaram seus próprios vídeos bem trabalhados no youtube para a música Word Peace Is None Of Your Business (…). Esse vídeos entendem comnpletamente a intenção da música, e eu estou aliviado por eles existir. Sim, um docum,ento similar deveria ter diso liberado pela gravadora, mas por favor entendam que a música do pop e do rock podem ser tão dedicadas a perpetuar a decepção do público como o próprio mundo da política. Deus abençoe as mídias sociais! Liberdade, igualdade e fraternidade são a essência das músicas: sem regras de monarquia, sem hierarquias políticas (…).

Consumir carne é a mudança climática, e se já houve uma evidente causa perdida é a chamada “família real” britânica. A sociedade nunca esteve tão nervosa (…). As Nações Unidas falharam em não prender Tony Blair e George W. Bush por crimas de guerra cometidos contra o Iraque (…).

(…) É possível uma mudança não-violenta; há mais pessoas do que déspotas em ação; há mais pessoas do que líderes mundias. Na verdade, o mundo não tem lideranças. Por favor, parem de assistir a Foz News (…). Nós sabemos que o número 1 das paradas pop são comprados; não estamos em 1955.

Sem mais artigos